Hospital Regional de Ivaiporã começa a receber pacientes

Em Guarapuava, o Hospital Regional deve ser ativado até o fim deste mês. Inicialmente o local terá 10 leitos de UTI adulto e 40 leitos de enfermaria clínica

Instalações do Hospital Regional de Ivaiporã que terá 104 leitos, sendo 10 reservados para UTI (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

A Agência Estadual de Notícias do Paraná informou que o Hospital Regional de Ivaiporã, no Vale do Ivaí, começou a atender a população nesta segunda (1). Ainda de acordo com as informações, o Hospital Regional de Guarapuava deve ser ativado até o fim deste mês.

Em Ivaiporã, inicialmente, a estrutura vai funcionar voltada especialmente para pacientes diagnosticados com a Covid-19. São até 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e até 60 leitos de enfermaria.

Previsto para ser inaugurado apenas em dezembro, a hospital teve as obras antecipadas pelo Governo do Estado para se integrar à força-tarefa de combate à pandemia de Covid-19. O governador Ratinho Junior destacou que está é uma força-tarefa para o enfrentamento ao vírus. Além disso, ele destacou que é preciso unir forças para salvar vidas.

AUMENTO SIGNIFICATIVO

Ainda conforme a AEN, a unidade hospitalar é administrada pela Rede de Assistência à Saúde Metropolitana, e tem atualmente 250 funcionários. Desse modo, o número pode ser ampliado de acordo com a necessidade. Além de Ivaiporã, o hospital vai reforçar o atendimento em todo o Vale do Ivaí, Região que compreende 16 municípios.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, explicou que é um aumento significativo de UTIs e enfermarias que vem suprir um vazio assistencial, especialmente em alta complexidade.

EM GUARAPUAVA

Em Guarapuava, a ativação inicial será de 10 leitos de UTI adulto e 40 leitos de enfermaria clínica. O governador destacou que essas unidades hospitalares já estavam programadas antes da pandemia. ” As obras foram antecipadas para dar uma resposta eficiente neste momento de crise na saúde”.

O governador diz que a medida faz parte da política de descentralização do atendimento à saúde no Paraná, com o fortalecimento de todas as Regiões. Outro centro médico em Telêmaco Borba também deve ser aberto para atendimentos à população com 50 leitos, sendo 10 de UTI adulto e 40 de enfermaria.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

Paraná está entre os 11 estados com alta transparência sobre a covid-19

SOL E CHUVA

Tempo instável marca esta semana em Guarapuava

OBRA INÉDITA

Construção de túnel sob Francisco Beltrão promete acabar com cheias

Comentários