Idosa de 77 anos é agredida pelo marido de 32 anos em Guarapuava

Em uma outra ocorrência de violência doméstica, a mulher chegou embriagada em casa e tentou expulsar o marido da residência

Idosa de 77 anos é agredida pelo marido de 32 anos em Guarapuava (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Polícia Militar atendeu quatro ocorrências de violência doméstica nesse domingo (8). Em uma delas, uma mulher de 34 anos chegou embriagada em casa e quebrou alguns objetos da residência. Conforme a PM, por volta das 5h, no bairro Vila Carli, a mulher também tentou expulsar o marido de 45 anos da casa. No momento, eles acabaram discutindo e brigaram.

Em conversa com o homem, ele relatou que a mulher saiu de casa no sábado (7) e só retornou na madrugada do domingo. Os filhos do casal ficaram sob responsabilidade dele. Além disso, para tentar revidar as agressões, na tentativa de segurar a mulher para tentar se defender, o casal acabou se lesionando com arranhões. Por fim, a PM conduziu os dois à 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

BAIRRO INDUSTRIAL

Por volta das 13h40 do mesmo dia, no bairro Industrial, uma idosa de 77 anos relatou que o marido de 32 anos, chegou em casa embriagado e deu um soco no rosto dela. Conforme as informações, não seria a primeira vez que ele faz isso. A equipe retornou à casa e encontrou o agressor no pátio da residência.

Assim, pelo interesse da idosa em representar, a polícia encaminhou o marido para a 14ª SDP.

MORRO ALTO

Ainda no domingo (8), a PM recebeu a denúncia anônima de que um rapaz de 23 anos teria agredido a ex-mulher de 20 anos no bairro Morro Alto. Além disso, conforme as informações, o agressor fugiu do local. Entretanto, a equipe policial fez patrulhamento pelas redondezas e o localizou.

Assim, em revista pessoal, a polícia encontrou no bolso do rapaz cerca de 33,1 gramas de maconha. Conforme os policiais, ele estava agressivo e sob efeitos de drogas. A jovem, que é ex- mulher dele, relatou que foi agredida com um soco no nariz. A equipe do Siate a atendeu e encaminhou à Upa do Batel para ser medicada.

A jovem informou que está separada, mas o rapaz sempre vai até a casa onde ela mora para fazer ameaças. Ele também causou vários danos, quebrando os vidros das janelas da residência. Dentro da casa, a PM encontrou vestígios de incêndios em documentos, roupas jogadas e sangue em um colchão que estava no chão. Por fim, a equipe prendeu o rapaz e o encaminhou à 14ª SDP.

BAIRRO BOQUEIRÃO

No domingo (8), por volta das 21h10, a Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência na rua Engenheiro Beltrão, no bairro Boqueirão. De acordo com os policiais, uma mulher de 45 anos informou que estava em um pesque-pague com o marido de 57 anos. No entanto, o homem ficou embriagado e ao chegar em casa, começou a ofender a mulher.

Segundo a vítima, ele estava com uma faca na mão, a ameaçando de morte. Em determinado momento, ela saiu correndo para a rua e pediu ajuda para uma vizinha. Com a chegada da polícia, o homem passou a desacatar a equipe. Ele também ameaçou a mulher na frente da PM, dizendo que a mataria. Por fim, o homem se negou a acompanhar os policiais, tornando necessário o uso de força para condução à delegacia.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS CASOS

Em 24h, Guarapuava confirma 95 novos casos de covid-19

VAMOS PARTICIPAR?

UniGuairacá promove live com o tema 'Envelhecer é uma arte'

BATE GRADE

Depen retira ferros e celulares do cadeião de Guarapuava

Comentários