INSS: hoje é o último dia para 94 mil convocados agendarem perícia

Quem não fizer a perícia terá o benefício suspenso

(Foto: Reprodução)

Termina nesta sexta feira (13), o prazo para 94 mil pessoas que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) agendarem a perícia médica. Os agendamentos para a perícia devem ser feitos pelo telefone 135 e, caso a perícia não seja agendada, o pagamento ficará suspenso até o convocado regularizar sua situação. A partir da suspensão, o beneficiário tem até 60 dias para marcar o exame. Se não procurar o INSS neste prazo, o benefício será cessado.

A lista dos convocados foi divulgada no último dia 23 de março por meio do Diário Oficial da União. Ainda em março, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) enviou cartas de convocação para os beneficiários que estão há mais de dois anos sem realizar perícia médica e, também, para os aposentados por invalidez com menos de 60 anos.

NOVA CONVOCAÇÃO

Nessa quinta feira (12), o governo federal convocou 152.269 segurados que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez para a revisão de benefícios por incapacidade do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A lista com o nome dos convocados foi publicada na Seção 3, páginas 108 a 506, do Diário Oficial da União (DOU).

Foram chamados os beneficiários não encontrados por alguma inconsistência no endereço e quem recebeu a carta, mas não agendou a perícia no prazo determinado. Quem teve o nome publicado no DOU tem 15 dias corridos para tomar ciência da publicação e mais 5 dias para agendar a perícia pelo telefone 135. Ou seja, o prazo para o agendamento se encerra no dia 4 de maio de 2018.

Comentários