Morre 1º paciente diagnosticado com covid-19 em Guarapuava

O advogado Fernando José da Costa tinha 57 anos e passou 75 dias na UTI. Desde o dia 4, ele estava em tratamento numa enfermaria especial

Morre 1º paciente diagnosticado com covid-19 em Guarapuava (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Morreu na noite dessa segunda (15) no hospital São Vicente em Guarapuava, o advogado Fernando José da Costa, de 57 anos. Ele foi o primeiro caso confirmado da covid-19 no município e foi hospitalizado no dia 26 de março.

No último dia 4 de junho, ele saiu da UTI onde passou 75 dias, e seguiu para o tratamento na enfermaria especial de atendimento aos pacientes da doença. Família e equipe médica chegaram a comemorar a melhora na saúde do paciente.

CONTAMINAÇÃO

Fernando apresentou sintomas da doenças após uma viagem para São Paulo. E ao retornar para Guarapuava fez o teste e descobriu que tinha pegado o vírus. De acordo com informações da Saúde, o paciente tinha comorbidades como diabetes e insuficiência cardíaca.

Conforme a Central de Triagem, não haverá velório. Além disso, o sepultamento será hoje (16) no Cemitério São Pedro em Londrina. Essa é a segunda morte registrada em Guarapuava devido à covid-19. No último dia 9, morreu em Guarapuava o médico Clovis Gorski, aos 72 anos, primeira vítima da doença.

Ele estava internado na UTI do Hospital São Vicente. Além dele, outros quatro membros da família também contraíram a doença. Porém, ficaram em isolamento domiciliar e estão recuperados.

GUARAPUAVA

Em Guarapuava o número de casos confirmados permanece o mesmo, 73, conforme boletim da Secretaria de Saúde divulgado nessa segunda. Entretanto houve um aumento nos pacientes curados pela doença, que agora são 29.

Além disso, 42 pessoas permanecem em isolamento domiciliar e devem fazer coleta de exames em sistema drive thru no estacionamento do Ginásio Joaquim Prestes todas as segundas, quartas e sextas.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVA 'EXPLOSÃO'

'Explosão da covid-19': Guarapuava confirma 110 casos e a 30ª morte

NÃO ACABOU

5ª Regional perde posto de menor índice de contaminação do PR

LUTO

Diego Maradona morre aos 60 anos em Tigre, na Argentina

Comentários