Morre em São Paulo a menina Marina Karan Primak

Há oito meses Marina lutava contra um câncer e se recuperava bem. Porém, o tratamento quimioterápico provocou a queda da imunidade e infecção fatal

Morre em São Paulo a menina Marina Karan Primak (Foto: Reprodução/Facebook)

Morre em São Paulo a menina Marina Karan Primak, 12 anos, filha do casal de empresários Nuhar e Edson Primak. Marina fazia tratamento contra um câncer e estava na capital paulista há oito meses, desde que foi diagnosticada com a doença.

Conforme informações postadas diariamente pela mãe nas redes sociais, a menina estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia, desde sábado (23). Marina tinha passado, com sucesso, por procedimento cirúrgico no início do ano e se recuperava.

Porém, a baixa imunidade provocada pelo tratamento quimioterápico, gerou uma infecção e por volta da 0 hora desta segunda (25) ela não resistiu e morreu. Ainda na manhã desse domingo (24), Nuhar comunicava aos amigos que Marina tinha melhorado e que respirava com “maior tranquilidade”.

Porém, disse que os exames apontavam “leve melhora”. Nuhar pedia orações para a recuperação da filha. De acordo com uma amiga da família, ainda não há informações sobre o translado, local do velório e do sepultamento, em Guarapuava.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

COVID-19

Paraná está entre os 11 estados com alta transparência sobre a covid-19

SOL E CHUVA

Tempo instável marca esta semana em Guarapuava

OBRA INÉDITA

Construção de túnel sob Francisco Beltrão promete acabar com cheias

Comentários