Motoristas reclamam de buracos na BR-153

Trafegar pela BR-153 é uma aventura para os motoristas, no trecho entre Imbituva e Irati, na região dos campos gerais, no Paraná. A quantidade de buracos faz com que muitos motoristas precisem desviar utilizando a contramão. “É como se fosse uma estrada de chão. A gente tem que andar desviando”, diz um motociclista.

O trecho tem cerca de 20 quilômetros e poderia ser percorrido rapidamente, já que a velocidade máxima permitida no local é de 110 km/h para os carros. Contudo, os motoristas reclamam que a demora pode ser bem longa. “É uma aventura, de levar duas horas para se chegar a Irati”, conta uma motorista.

A BR-153, é a quarta maior rodovia do país. Conhecida como Transbrasiliana, ela corta o Brasil de Norte a Sul.

O problema na região é antigo. Motoristas e moradores já fizeram diversos protestos para pedir que a situação seja resolvida. Em nota, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) informou que o contrato com a empresa que começou a recuperar a Transbrasiliana foi rompido. Uma nova empreiteira foi contratada e iniciou os trabalhos há cerca de um mês.

Para a região onde há os buracos, ainda não existe previsão para que as obras sejam concluídas.

Com informações de G1.

Relacionadas

DESAFIOS

Desafios do EaD: como está sendo a adaptação do ensino a distância

MUITO AMOR

Mãe de quíntuplos se sente completa com a maternidade

DIA DAS MÃES

Ela já sentiu as dores e amores de ser mãe. Um relato pessoal de Miriam

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com