Novo contorno rodoviário consolida Pato Branco como polo do Sudoeste

Investimento do Governo é de R$ 30 milhões. O projeto original tramita no Estado desde 2013 e a maior parte da obra foi executada no último ano

Novo contorno rodoviário consolida Pato Branco como polo do Sudoeste (Foto: AEN)

Os 500 mil metros cúbicos de terra deslocados por um trecho de 5,2 quilômetros dão uma boa impressão do desafio de tirar do lápis o Contorno Noroeste de Pato Branco, no Sudoeste do Estado. Porém, o Paraná terá outros quatro contornos rodoviários nos próximos meses.

Estão em obras o Contorno Noroeste de Francisco Beltrão (Sudoeste) e o Contorno de Palotina (Oeste). E em estágios anteriores o Contorno Norte de Castro (Campos Gerais) e o de Arapongas (Norte). Os três primeiros são obras do DER-PR e o último será construído pela concessionária que administra o trecho da BR-369.

Conforme o DER, o empreendimento vai interligar a BR-158 em Coronel Vivida à PR-493 no sentido Itapejara do Oeste. O principal objetivo é desviar o tráfego pesado da área urbana do município. E também facilitar o escoamento logístico do Sudoeste. A obra conta com 20 mil toneladas de asfalto, uma ponte, um viaduto e uma rotatória.

INOVAÇÃO

De acordo com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, Pato Branco é um polo do Sudoeste e está investindo cada vez mais em inovação. Assim como em  tecnologia associada à produção agrícola, além do setor de serviços.

Esse planejamento em torno do Contorno leva em conta a necessidade de resolver um gargalo urbanístico e possibilita a atração de novos investimentos.

O governador afirma que implantações de trechos até então inexistentes são fundamentais para que o Estado consolide seu papel de protagonista na cadeia logística da América do Sul. A nova conexão de Pato Branco também facilita o trânsito comercial com a PRC-280, principal corredor de exportação dos municípios da divisa com Santa Catarina aos portos paranaenses.

Segundo Guto Silva, chefe da Casa Civil, o novo Contorno é uma marca da prosperidade de Pato Branco justamente quando o município se aproxima da marca de 100 mil habitantes. “A Região Sudoeste tem ajudado o Paraná a crescer com o agronegócio e suas indústrias, e é um polo de atração de jovens”.

PLANEJAMENTO ORDENADO

Para o prefeito Augustinho Zucchi, o projeto significa o planejamento ordenado da cidade. “É uma nova via de ligação muito importante para a região Sudoeste. Ele consta no plano diretor, é parte de uma expansão natural para essa Região”.

Conforme o prefeito, nesse local está planejado o novo prédio da prefeitura, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas. Além de um shopping, um parque industrial, e investimentos naturais do agronegócio.

O Contorno também responde a uma das principais demandas da Associação Empresarial de Pato Branco (ACEPB). De acordo com o Ezaul Zillmer, que preside a entidade. A rodovia terá um traçado moderno, com acostamento e alto nível de segurança.

Além de um tráfego estimado em 20 mil veículos por hora quando estiver em operação plena, com os 19 quilômetros. “É a principal obra estruturante do novo ciclo de desenvolvimento urbano, um marco para novos tempos”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

ELEIÇÕES 2020

Justiça Eleitoral confirma inelegibilidade de José Vitorino em Pinhão

ELEIÇÕES

Pesquisa eleitoral mostra disputa 'embolada' em Guarapuava

ELEIÇÕES 2020

Burko continua em campanha, diz assessoria jurídica da coligação

Comentários