Novo contorno rodoviário consolida Pato Branco como polo do Sudoeste

Investimento do Governo é de R$ 30 milhões. O projeto original tramita no Estado desde 2013 e a maior parte da obra foi executada no último ano

Novo contorno rodoviário consolida Pato Branco como polo do Sudoeste (Foto: AEN)

Os 500 mil metros cúbicos de terra deslocados por um trecho de 5,2 quilômetros dão uma boa impressão do desafio de tirar do lápis o Contorno Noroeste de Pato Branco, no Sudoeste do Estado. Porém, o Paraná terá outros quatro contornos rodoviários nos próximos meses.

Estão em obras o Contorno Noroeste de Francisco Beltrão (Sudoeste) e o Contorno de Palotina (Oeste). E em estágios anteriores o Contorno Norte de Castro (Campos Gerais) e o de Arapongas (Norte). Os três primeiros são obras do DER-PR e o último será construído pela concessionária que administra o trecho da BR-369.

Conforme o DER, o empreendimento vai interligar a BR-158 em Coronel Vivida à PR-493 no sentido Itapejara do Oeste. O principal objetivo é desviar o tráfego pesado da área urbana do município. E também facilitar o escoamento logístico do Sudoeste. A obra conta com 20 mil toneladas de asfalto, uma ponte, um viaduto e uma rotatória.

INOVAÇÃO

De acordo com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, Pato Branco é um polo do Sudoeste e está investindo cada vez mais em inovação. Assim como em  tecnologia associada à produção agrícola, além do setor de serviços.

Esse planejamento em torno do Contorno leva em conta a necessidade de resolver um gargalo urbanístico e possibilita a atração de novos investimentos.

O governador afirma que implantações de trechos até então inexistentes são fundamentais para que o Estado consolide seu papel de protagonista na cadeia logística da América do Sul. A nova conexão de Pato Branco também facilita o trânsito comercial com a PRC-280, principal corredor de exportação dos municípios da divisa com Santa Catarina aos portos paranaenses.

Segundo Guto Silva, chefe da Casa Civil, o novo Contorno é uma marca da prosperidade de Pato Branco justamente quando o município se aproxima da marca de 100 mil habitantes. “A Região Sudoeste tem ajudado o Paraná a crescer com o agronegócio e suas indústrias, e é um polo de atração de jovens”.

PLANEJAMENTO ORDENADO

Para o prefeito Augustinho Zucchi, o projeto significa o planejamento ordenado da cidade. “É uma nova via de ligação muito importante para a região Sudoeste. Ele consta no plano diretor, é parte de uma expansão natural para essa Região”.

Conforme o prefeito, nesse local está planejado o novo prédio da prefeitura, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas. Além de um shopping, um parque industrial, e investimentos naturais do agronegócio.

O Contorno também responde a uma das principais demandas da Associação Empresarial de Pato Branco (ACEPB). De acordo com o Ezaul Zillmer, que preside a entidade. A rodovia terá um traçado moderno, com acostamento e alto nível de segurança.

Além de um tráfego estimado em 20 mil veículos por hora quando estiver em operação plena, com os 19 quilômetros. “É a principal obra estruturante do novo ciclo de desenvolvimento urbano, um marco para novos tempos”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

REELEIÇÃO

Traiano é reeleito pela quarta vez para comandar a Assembleia

ELEIÇÕES

Médico assume Comissão Provisória do PSDB em Guarapuava

SUCESSÃO

Para continuar crescendo, Guarapuava precisa agregar novas lideranças

Comentários