Operação Pandora: mais de 15 kg de crack são apreendidos pela Polícia Civil de Guarapuava

Investigadores prenderam mais quatro pessoas envolvidas com a organização criminosa. Nomes não foram divulgados

A Polícia Civil de Guarapuava prendeu mais quatro pessoas envolvidas com a organização criminosa de tráfico de drogas investigada pela Operação Pandora. A ação foi desencadeada pela equipe local na última quarta (19) e segue com a busca por suspeitos em outros municípios do Paraná e também em Santa Catarina. Até o momento, a Operação têm 41 pessoas detidas.

De acordo com a Polícia, as novas prisões foram cumpridas ontem (20) nos municípios de Manoel Ribas, Inácio Martins e em Jaguariaíva, na divisa com Estado de São Paulo. Neste último mandado, foi detida a esposa de um dos líderes da organização, que estava em viagem. Segundo a polícia, o marido dela, envolvido diretamente com a quadrilha, já está preso.

Operação em Guarapuava contou com o apoio de helicópteros (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ainda de acordo com o superintendente, foram apreendidos mais de 15 quilos de crack durante toda a investigação. Foram realizadas, ainda, sete autuações em flagrante de armas de fogo, drogas e munições, além da apreensão de três veículos.

A OPERAÇÃO

A Operação expediu mais de 50 mandados de prisão, resultado de dois anos e meio de investigação da Polícia Civil de Guarapuava. A Pandora envolveu 160 policiais, que integram o Grupo Tigre, Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) e Centro de Operações Policiais Especiais (COPE).

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Os nomes dos presos e a quantidade de outras drogas e munições apreendidas ainda não foram divulgadas.

Relacionadas

MAIS CASOS

Em 24h, Guarapuava confirma 95 novos casos de covid-19

VAMOS PARTICIPAR?

UniGuairacá promove live com o tema 'Envelhecer é uma arte'

BATE GRADE

Depen retira ferros e celulares do cadeião de Guarapuava

Comentários