Pessuti reage

Guarapuava – A denúncia de que o vice-governador Orlando Pessuti (PMDB) gastou cerca de R$ 5 mil em ligações com celular em viagem para Nassau, nas Bahamas, em junho do ano passado, feita pelo vereador tucano Professor Galdino, parece ter provocado a ira de setores peemedebistas.
Horas depois da notícia ser publicada em blogs e sites na segunda-feira (4), supostos amigos de Pessuti, preocupados mais em defender seus cargos no governo, acusaram o tucano de ter sido orientado por “forças ocultas” para desferir o ataque.
Nesta terça-feira (5) ao saber das acusações, Galdino disse que fez a denúncia após encontrar no site Gestão do Dinheiro Público (www.gestaododinheiropublico.pr.gov.br), gerenciado pelo próprio governo do estado, a prestação de contas referente à viagem de Pessuti para Nassau a fim de participar de um encontro da Fifa, e julgou espantoso não só os custos com celular, como também as diárias pagas ao vice-governador (cerca de R$ 6 mil), além das passagens aéreas, cujo valor remonta a R$ 12 mil.

Comentários