Prefeito anuncia casas no assentamento Nova Geração em Guarapuava

 “A prefeitura será parceira do Incra [Instituto Nacional de Colonização e reforma Agrária] e da Cohapar  [Companhia de habitação do Paraná] na melhoria das estradas e na construção de habitações rurais. Não poderíamos pensar em casas populares apenas na área urbana da cidade. Já demos início a esse processo e vocês serão contemplados”. Esse anúncio deu início à conversa entre o prefeito Cesar Silvestri Filho e os agricultores familiares que vivem no Assentamento Nova Geração em Guarapuava.

No encontro desta terça (07) também estavam o secretário de Agricultura, Itacir Vezzaro, o gerente regional da Cohapar, Paulo Rosa de Souza, e o vereador Mario Scheidt.

Segundo Vezzaro, com a legalização do assentamento, que fica às margens da PR-170, seguindo para o distrito de Entre Rios, os agricultores tiveram acesso a vários benefícios. As famílias estão fornecendo produtos para a merenda escolar municipal e estadual.

Também participam das feiras do produtor e recebem assistência técnica, através da Adeop (Agência de Desenvolvimento Regional do Extremo Oeste do Paraná). Para contribuir com o processo de agroindustriualização e ampliar a renda das 31 famílias do local, a prefeitura vai fornecer um conjunto composto de sete equipamentos, no valor de aproximadamente R$ 30 mil, para miniprocessamento de legumes e verduras. “Em contrapartida, vocês, agricultores, organizados em associação, vão construir a base física para receber as máquinas e assim ampliar a renda”, opinou.

Para o coordenador da associação de moradores do assentamento, Nelson Florentino dos Santos, 35 anos, a principal conquista junto à Prefeitura de Guarapuava foi a abertura ao diálogo. “Foi uma mudança enorme, pois sentamos e juntos decidimos as melhorias. Vemos o empenho da administração em ajudar”, avaliou o guarapuavano, que mora no assentamento desde a sua formação, há cinco anos. “Já tivemos várias conquistas, como transporte escolar para nossas crianças e a melhoria da estrada principal e, hoje, ainda recebemos outras boas notícias”, comemorou.

Relacionadas

DESAFIOS

Desafios do EaD: como está sendo a adaptação do ensino a distância

MUITO AMOR

Mãe de quíntuplos se sente completa com a maternidade

DIA DAS MÃES

Ela já sentiu as dores e amores de ser mãe. Um relato pessoal de Miriam

Comentários