PRF registra 15 mortes durante a Operação Natal no Paraná

O total de mortes registrada pela PRF no estado é 25% superior ao verificado durante o Natal de 2018, quando 12 pessoas perderam a vida

PRF registra 15 mortes durante a Operação Natal no Paraná (Foto: Ascom/Polícia Rodoviária Federal)

A Polícia Rodoviária Federal registrou 15 mortos, 159 feridos e 121 acidentes no Paraná em cinco dias de Operação Natal, entre sábado (21) e essa quarta (25). O total de mortes registrada pela PRF no estado é 25% superior ao verificado durante o Natal de 2018, quando 12 pessoas perderam a vida.

Na operação do ano passado, outras 164 pessoas saíram feridas e 131 acidentes foram atendidos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, durante a operação deste ano, as equipes da PRF flagraram 137 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas, 594 ultrapassagens proibidas e 86 crianças sendo transportadas sem cadeirinha.

(Foto: Ascom/Polícia Rodoviária Federal)

No total, 418 veículos foram recolhidos, por diferentes irregularidades. Entre as causas dos 11 acidentes fatais registrados estão desatenção, excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, ingestão de álcool, desobediência à sinalização e presença de animais na pista.

MAIOR GRAVIDADE

Das 15 mortes, 14 ocorreram em situação de pista seca. A maioria dos óbitos foi registrada em trechos de pista simples (12 mortes), em retas (10) e no período noturno (9). As duas ocorrências mais graves concentraram seis mortes.

Conforme a PRF, na madrugada de domingo (22), três adolescentes morreram após o automóvel em que eles eram passageiros sair da pista e colidir contra uma árvore, na BR-272, em Janiópolis. O motorista foi socorrido com lesões graves. Provavelmente nenhum dos ocupantes usava cinto de segurança.

(Foto: Robson Moreira)

E na tarde de dessa quarta (25), outras três pessoas morreram em uma colisão frontal na BR-373, em Chopinzinho. Entre as vítimas mortas estava um menino de três anos e a mãe, de 23 anos. O pai da criança foi socorrido com lesões graves. De acordo com a PRF, o acidente teria sido causado por uma tentativa malsucedida de ultrapassagem feita por um outro carro, cuja motorista também morreu no local.

Assim, o tipo de acidente que mais resultou em mortes foi a colisão frontal, com seis óbitos em quatro ocorrências. Por fim, dos 15 mortos, quatro eram motociclistas e um, pedestre.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SEGURANÇA

Sesp registra queda nos crimes de furto e roubo na 7ª Aisp, que inclui Guarapuava

REFORÇO

Segurança pública recebe reforço de 100 fuzis do Exército

REPÚDIO

'Cidadania' repudia sentença racista de juíza de Curitiba

Comentários