Profissionais da saúde agora contam com suporte psicológico

Projeto TelePSI tem uma central de atendimento que vai prestar serviços de teleconsulta com profissionais da psicologia e psiquiatria

Desse modo, o projeto tem uma central de atendimento que vai prestar serviços de teleconsulta (Foto: Reprodução/Pixabay)

O serviço de suporte psicológico para os profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus já está disponível. Colaboradores de todo o país podem acessar e encontrar assistência neste momento tão difícil. O projeto é intitulado TelePSI e foi desenvolvido pelo Ministério da Saúde.

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), prestará serviços de teleconsulta psicológica por meio de uma central de atendimento que funcionará de segunda a sexta, das 8h às 20h. Assim, para contatar o atendimento ligue pelo telefone 0800 644 6543. Na primeira ligação será feito o cadastro e avaliação.

A iniciativa é um reconhecimento da necessidade de apoio a esses profissionais que, pelo trabalho intenso, com riscos de contaminação elevados, podem desenvolver quadros de ansiedade, depressão, irritabilidade, transtornos de estresse agudo, entre outros problemas. Sendo assim, o projeto deve funcionar até setembro e conta com um investimento federal de R$ 2,3 milhões. Confira mais detalhes da ação.

Segundo a diretora substituta do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas do Ministério da Saúde, Maria Dilma Teodoro, a iniciativa vai prestar assistência a todos os profissionais de saúde que estão precisando de apoio neste momento. “É fato que houve aumento significativo de profissionais com sintomas de estresse, ansiedade e depressão. Com isso, o TelePSI chega para evitar que esse sofrimento psíquico se agrave e se transforme em algo mais grave”.

O ATENDIMENTO

A central de atendimento para apoio psicológico é formada por 36 profissionais que foram selecionados por edital e capacitados para o projeto. O canal é destinado a todos os colaboradores das 14 categorias da saúde que atuam nos atendimentos de pacientes com covid-19.

Portanto, profissionais de psicologia e psiquiatria estão disponíveis para consulta. Essa, é a primeira vez que a psicoterapia será utilizada no teleatendimento em um contexto de pandemia. Por isso, a ação subsidiará pesquisas sobre a eficácia de diferentes modalidades de psicoterapia.

Além disso, o projeto também irá disponibilizar materiais como manuais, vídeos e sessões simuladas para que a experiência possa ser replicada em outros locais.

COMO SERÁ FEITO O ATENDIMENTO

No primeiro contato, após a avaliação, o profissional do projeto selecionará a melhor abordagem e tratamento para o paciente naquele momento. A teleconsulta será feita por videochamada, utilizando estratégias de intervenção em situação de crise, por meio de psicoeducação, psicoterapia cognitivo-comportamental e psicoterapia interpessoal.

Dessa maneira, os pacientes que forem diagnosticados com risco ou sintomas intensos vão ser encaminhados para uma avaliação psiquiátrica, e, se houver necessidade de medicação, para a rede de saúde local.  Aqueles que tiverem indicação para intervenção psicoeducativa vão receber materiais e vídeos produzidos pela equipe técnica responsável pelo projeto, coordenada pelo médico e doutor em psiquiatria Giovanni Abrahão Salum, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Esperamos que os profissionais obtenham alívio para o sofrimento utilizando o que já se sabe de intervenções que funcionam e que têm base científica. Além disso, o projeto testará também que tipo de técnica pode ser mais adequada para essas situações de crise.

SUPORTE TÉCNICO

Para os especialistas que atuam no projeto vão ser disponibilizados manuais com o modelo de atendimento terapêutico desenhado no projeto. Até o momento, dois manuais sobre Telepsicoeducação foram lançados, além dos manuais de Telepsicoterapia Cognitivo-Comportamental Breve e Telepsicoterapia Interpessoal Breve. O projeto disponibiliza ainda vídeos sobre como aplicar os manuais na prática e exemplos de sessões simuladas, com personagens fictícios, para facilitar a disseminação das técnicas utilizadas no projeto.

Para acessar a plataforma do TelePSI, clique aqui.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NO TRÂNSITO

Hoje inicia a Semana Nacional do Trânsito em todo o país

NÚMEROS ASSUSTADORES

Insegurança alimentar cresce e atinge mais três milhões de pessoas

COVID-19

Eduardo Pazuello assume oficialmente o Ministério da Saúde

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com