Promete ser quente!

A julgar pelos discursos da ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT) e do governador Beto Richa (PSDB), durante a inauguração da Usina de Mauá, na manhã desta quarta-feira (12),  o ano pré eleitoral e 2014  serão quentes. Os dois são devem polarizar as eleições para o Governo.

A ministra criticou o Governo do Estado  por não aderir ao projeto da Presdiente e Dilma Rousseff de reduzir a tarifa de energia. Richa, que estava na mesma solenidade revidou ao dizer que aceita demagogia e populismo e que não vai ferir os interesses do Paraná e dos acionistas da Copel. “Redução da tarifa sim, quebra de contrato jamais”, disse Richa.

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com