Prouni 2021 oferece 14,6 mil bolsas de estudo no Paraná

Os interessados deve se candidatar pelo site oficial do Prouni. Guarapuava tem oferta de 53 cursos que vão de administração a sociologia

Prouni 2021 oferece 14,6 mil bolsas de estudo no Paraná (Foto: Reprodução/Pixabay)

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) abriram nesta terça (12). Assim, o Paraná é o terceiro estado brasileiro com maior número de bolsas ofertadas na primeira seleção de 2021. São 14.667 bolsas abertas nesta edição, segundo o Ministério da Educação (MEC). As inscrições podem ser feitas até a sexta (15).

As vagas vão ser divididas entre descontos integrais e parciais do valor da mensalidade em instituições de ensino particulares. No Paraná, são 5.822 bolsas integrais. Sendo assim, os interessados deve se candidatar pelo site oficial do Prouni. Guarapuava tem oferta de 53 cursos que vão de administração a sociologia.

COMO FUNCIONA?

Na plataforma, os interessados também podem consultar as bolsas oferecidas, com filtros como curso, turno e localidade do campus. Dessa maneira, um dos critérios de seleção é o desempenho dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

No entanto, com o adiamento da edição 2020 do exame, devido à pandemia do novo coronavírus, para esta edição do programa, a seleção será feita considerando as notas do Enem 2019.

Para participar, é necessário se encaixar em uma das categorias: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede privada, desde que com bolsa integral da instituição. Ser pessoa com deficiência. Ser professor da rede pública de ensino. Neste caso, não se aplica o limite de renda exigido aos demais candidatos.

Importante ressaltar que o estudante deve preencher os requisitos do programa específicos para cada tipo de bolsa. Desse modo, na bolsa integral precisa ter renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Além disso, média mínima de 450 pontos nas provas do Enem 2019, sem zerar a redação.

Já na bolsa parcial, ter renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. Bem como, média mínima de 450 pontos nas provas do Enem 2019, sem zerar a redação.

LISTA DE ESPERA

Portanto, os estudantes não convocados nas duas primeiras chamadas devem manifestar interesse em continuar no processo seletivo. Sendo assim, a manifestação deve ocorrer entre 18 e 19 de fevereiro. A lista de espera estará disponível para consulta em 22 de fevereiro.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ÚLTIMA OPORTUNIDADE

Termina hoje (22) as inscrições para o Encceja 2020

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

'Cidade dos Lagos' sedia curso de engenharia biomédica e Campo Tech Park

VAMOS ESTUDAR?

Unicentro abre inscrições para pós-graduação em Letras

Comentários