Segurança pública recebe reforço de 100 fuzis do Exército

Armamento será empregado pela PM nos batalhões de fronteira e equipes especiais. O “fuzil de assalto leve” é usado pela infantaria e fuzileiros do Exército

Segurança pública recebe reforço de 100 fuzis do Exército (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O Governo do Paraná recebeu 100 fuzis calibre 7,62 milímetros M964 do Exército Brasileiro. A entrega simbólica foi feita nesta quinta (13), pelo general Carlos José Russo Assumpção Penteado, comandante da 5ª Divisão de Exército, ao governador Carlos Massa Ratinho Junior, em Curitiba. De acordo com a Agência Estadual de Notícias, o armamento e os 200 carregadores que acompanharam a entrega foram direcionados para a Polícia Militar.

Assim, os fuzis serão empregados nos batalhões de fronteira e nas equipes especiais da corporação. O governador destacou que as armas vão ajudar no trabalho de policiamento ostensivo e no combate ao tráfico. “O Exército Brasileiro tem nos ajudado muito nas fronteiras com o Paraguai e a Argentina. Essa parceria tem gerado as maiores apreensões de drogas da nossa história. São fuzis de grosso calibre e longo alcance. Ou seja, armas pesadas para usar de forma estratégica. Nossas equipes já começaram a preparação para usar esse armamento. Queremos estar sempre à frente do crime organizado”.

De acordo com Ratinho Junior, a Secretaria de Segurança Pública trabalha intensamente para modernizar as Polícias Civil e Militar com novos equipamentos, armamentos e viaturas. “Reduzimos a violência urbana, os homicídios, furtos e roubos, e a média de solução de crimes em alguns locais do Estado ultrapassa os índices de países de primeiro mundo. Todo esse trabalho conta com a contribuição do Exército nas fronteiras. A parceria em Foz do Iguaçu e Guaíra tem sido exemplar. Os paranaenses agradecem esse apoio fundamental”.

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

“FUZIL DE ASSALTO LEVE”

O chamado “fuzil de assalto leve” é utilizado pela Infantaria e pelos Fuzileiros do Exército Brasileiro. É um armamento de origem belga, mas essas armas foram fabricadas no País. O modelo é usado em exércitos de 90 nações e tem capacidade de disparar 120 tiros por minuto e alcance útil de 600 metros. É o armamento padrão das tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Conforme o general Penteado, foram atingidos três grandes objetivos com essa doação. “Dar mais condições para a Polícia Militar no enfrentamento contra a delinquência, o que possibilita combate diário com mais eficácia. Além disso, reforçar os laços históricos das polícias com o Exército. E ainda, reconhecer o trabalho do Governo do Estado em prol da segurança pública. Temos a certeza de que o armamento será entregue para profissionais que vão honrar o compromisso com a defesa da vida”.

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

SEGURANÇA PÚBLICA

O secretário da Segurança Pública, Rômulo Marinho Soares, destacou que a distribuição de parte do armamento será amparada pelo georreferenciamento dos batalhões de fronteira. “Esses fuzis chegam em boa hora. Aumentamos o relacionamento com as forças federais nas fronteiras. E com esse reforço, os policiais militares terão mais condições de igualdade para combater o contrabando e o crime organizado”.

Conforme o coronel Péricles de Matos, comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, os fuzis também serão empregados para combater os assaltos a bancos. “A Polícia Militar do Paraná agradece o Exército Brasileiro. Essa amizade nasceu nos campos de batalha e se prolonga até hoje. Eles serão cedidos para combater as organizações criminosas e também para reforçar o combate às quadrilhas de roubo a banco”.

DOAÇÕES

A política de doações das forças federais ajuda as forças estaduais a modernizar o atendimento em prol da sociedade. Em 2018, a Polícia Civil do Paraná foi contemplada pelo Exército Brasileiro com a entrega de um caminhão que tem capacidade para transportar explosivos e adentrar em áreas de pouco acesso.

Por fim, o veículo de tração 6×6 está sendo utilizado pelo Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre).

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVO BOLETIM

Paraná confirma 1.590 novos casos de covid-19 e 63 mortes em 24h

TRANSITOU EM JULGADO

TCE-PR multa prefeito de Irati por contratação de empresas de servidores

RETORNANDO

Autorizadas as aulas presenciais dos últimos anos de cursos da Saúde

Comentários