Uma taipa verde no casarão secular em Guarapuava

(Foto: Cristina Esteche)

Quem conhece o Solar Ana Joaquina, sede do centro de Artes e Criatividade Iracema trinco Ribeiro, sabe que nos fundos, num jardim a céu aberto, há uma parte do muro ainda construído pelo ex-escravo Belmiro de Miranda, segundo a professora Nerci Guiné, que trabalha no local. O muro, porém, está coberto por samambaias, planta que encontra brecha entre o concreto para viver.

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com