Dona do iFood entra no mercado de games e compra estúdio de jogos

Recentemente, a companhia revelou a criação de Afterverse, um estúdio totalmente voltado para o desenvolvimento de jogos

Dona do iFood entra no mercado de games e compra estúdio de jogos (Foto: Divulgação)

A empresa dona do iFood, a Movile, está diversificando os investimentos. Além do ramo de delivery de refeições, ela está entrando de cabeça no mercado dos jogos eletrônicos. Recentemente, a companhia revelou a criação de Afterverse, um estúdio totalmente voltado para o desenvolvimento de jogos que é também subsidiário do aplicativo direcionado para crianças, PlayKids. A nova empreitada já surge com um grande potencial de sucesso, já que o aplicativo conta com mais de 25 milhões de usuários espalhados por 14 países.

SOBRE OS GAMES

O diretor-geral da Afterverse, Breno Masi, revelou em entrevista ao Estadão que nos dias de hoje, eles já administram três jogos focados no público infantil e pré-adolescentes. Mas, com a nova empreitada, o objetivo é ampliar ainda mais o público alvo. O primeiro game é o PK XD, título com fortes inspirações no famoso Animal Crossing, onde o usuário é transportado para um ambiente bem semelhante às redes sociais, onde terá que construir sua própria casa e interagir com os demais jogadores.

Já o segundo jogo também foi inspirado em outro game bem popular atualmente, Minecraft, reaproveitando os sistemas de coleta, criação e sobrevivência. Intitulado de CraftLands, o jogo junto ao PK XD já somam cerca de 25 milhões de jogadores. E o último título da Afterverse é o CraftColors, que apresenta várias imagens para colorir. Claramente esses jogos são direcionados para o entretenimento das crianças – já para nós adultos, há opções muito mais desafiadoras e interessantes, e podemos tirar proveito que o europa casino é confiável, e conta com um extenso catálogo de jogos, além de ser uma plataforma certificada pela MGA (Malta Gaming Authority).

Já em relação a Afterverse, de acordo com Masi, a companhia atualmente tem 70 funcionários, e ele acredita que o quadro de funcionários será dobrado nos próximos 12 meses. O grupo espera criar uma marca reconhecida no mercado dos Estados Unidos e Europa, e lançar jogos de outras modalidades, como os de corrida e esportes. Já nos títulos atuais, a empresa vem adotando o sistema free-to-play (grátis para jogar), porém contém diversas microtransações in game. Ademais, os jogos da desenvolvedora podem se conectar com outros produtos da companhia. Para exemplificar isso, podemos usar o Sympla, um serviço que vende ingressos para diversos eventos e que também oferta vários descontos para os campeonatos dos jogos criados pela Afterverse.

AMAZON TAMBÉM DIVERSIFICA O PORFÓLIO

Outra grande corporação da tecnologia também vem diversificando os investimentos. A gigante do varejo, Amazon, já conta com estúdios para desenvolvimento de jogos, e em breve o game New World deve estar chegando ao mercado mundial, já tendo sido adiado algumas vezes. Mas a novidade da vez da companhia fundada por Jeff Bezos é o interesse no transporte privado feito com carros autônomos. No último dia 14, a Amazon revelou o modelo de carro, conhecido como robotáxi, que está sendo desenvolvido por uma startup recém adquirida pela companhia, a Zoox. O táxi automatizado poderá comportar até quatro pessoas no interior, chegará a velocidade de até 120 km/h, com uma autonomia que beira às 16h, e não terá volante. Além das baterias em baixo do banco dos passageiros, outra peculiaridade do veículo são os dois motores elétricos, um instalado na região frontal do carro, e o outro na traseira. Esse design foi especialmente projetado para que o robotáxi possa se movimentar em qualquer sentido.

O projeto deve ser testado inicialmente nas ruas de Las Vegas e São Francisco, de acordo com o que foi revelado pela Zoox. Contudo, a frota de carros ainda está em processo de fabricação, e o aplicativo por trás do serviço só deve entrar em funcionamento no final de 2021. A expectativa é que anualmente a Zoox produza cerca de 15 mil unidades do robotáxi, e deve representar uma concorrente de peso para empresas como a General Motors, Uber e Lyft, que também estão interessadas neste setor.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CAMPEÃO DO BBB 15

Com o BBB se aproximando, relembre a trajetória de Cézar Lima

DESENHO NA PELE

Tattoo e Tabu: como a arte na pele está derrubando os preconceitos

SUCESSO

Jovem de Irati se torna um fenômeno no TikTok e atinge 1 milhão de seguidores

Comentários