Escritor guarapuavano lança romance em Ponta Grossa

O Sumiço do Hanomag é de autoria do jornalista guarapuavano Klaus Pettinger

(Foto: Divulgação)

O Sumiço do Hanomag, de autoria do jornalista guarapuavano Klaus Pettinger, em parceria com a Fundação Cultural Suábio-Brasileira, tem relação direta com os principais objetivos da Semana de Língua Alemã onde será seu lançamento neste sábado (13). Ainda que seja escrita em português, a obra retrata a história de um povo de origem germânica. Mesmo que os personagens sejam brasileiros, os nomes Philipp, Kathi e Knacker delatam a ascendência tudesca.

Em palestra, o jornalista formado pela UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa) expõe ao público a realidade acerca da preservação do idioma alemão no distrito de Entre Rios, em Guarapuava, além de trazer curiosidades sobre sua obra.

A apresentação, em português e alemão, seguida pelo lançamento de O Sumiço do Hanomag, tem início às 17h do próximo dia 13 de abril. Toda a programação da Semana de Língua Alemã será realizada no Centro de Línguas Germânia, na rua Anita Garibaldi, 741, Vila Órfãs.

Aberto ao público, o evento não se restringe aos praticantes da língua de Goethe, garante o diretor do Centro e vice-presidente da Associação, Newton Schner Jr. “As atividades são abertas a todas as pessoas que se interessam pelo idioma, falantes ou não, para que possamos celebrar a cultura alemã em Ponta Grossa”.

ROMANCE ÉTNICO

O Sumiço do Hanomag é um romance de aventura étnica, que se passa no distrito guarapuavano de Entre Rios. O misterioso desaparecimento do trator, uma relíquia histórica exposta há décadas na praça da colônia Samambaia, leva um casal de adolescentes a desvendar toda a história dos Suábios do Danúbio, povo de origem germânica que se estabeleceu, a partir de 1951, no Terceiro Planalto paranaense.

A única pista é um mapa repleto de simbolismos históricos, geográficos e culturais. Os astutos estudantes enfrentam diversos perigos para salvar um dos principais símbolos de trabalho e desenvolvimento dos suábios de Entre Rios, ao mesmo tempo em que descobrem detalhes incríveis sobre o passado dos seus antepassados.

(Foto: Divulgação)

ESCRITOR E JORNALISTA

“Será um momento muito especial retornar à cidade, que me acolheu tão bem durante meus quatro anos de graduação na UEPG, para lançar meu primeiro romance”, resume o jornalista Klaus Pettinger, 34. De mãe suábia e pai alemão, o escritor encampou a missão da preservação cultural dos seus antepassados, incluindo a história e cultura suábias, bem como o idioma alemão. “O Sumiço do Hanomag cumpre exatamente essa função sociocultural”, finaliza Pettinger.

Relacionadas

LAZER

MON terá oficina de construção de brinquedos neste domingo

CULTURA PARANAENSE

Férias no Museu Paranaense valorizam povos originários do Paraná

DIFERENÇA PARA QUE É DIFERENTE

O bar mais charmoso da cidade, Stone Crow reabre e vem repaginado

Comentários