‘O que eu deveria ser se não fosse quem eu sou’ é atração no Sesc

Com linguagem contemporânea o espetáculo envolve com o seu dinamismo e força, fazendo com que o público reflita e se emocione

O Sesc em Guarapuava traz até a cidade o monólogo ‘O que eu deveria ser se não fosse quem eu sou’ . Será nesta terça (3), às 20h. A entrada é de graça. 

O espetáculo tem a proposta de retratar, informar e discutir sobre a violência contra a mulher.

De acordo com a sinopse, com a linguagem contemporânea e símbolos, o espetáculo envolve com o seu dinamismo e força,  fazendo com que o público reflita e se emocione.

Assim, entre muitas idas e voltas ela descobre através da corrida que pode traçar um novo caminho para a sua vida, mas para isso precisa ter muita força e coragem. Uma história entre muitas histórias de mulheres que sofrem caladas com a esperança de terem suas vidas de volta e serem felizes.

FICHA TÉCNICA

Elenco: Michella França

Direção: Michella França

Assistente de Direção: David Dias

Iluminação: Carlos Phantasma

SERVIÇO

Dia 03/12, às 20h

Local: Sesc Guarapuava

Classificação indicativa : 14 anos

Gratuito

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

 

 

Relacionadas

MÚSICA

Bruna Thimoteo lança o single 'A benção da travessia'

IMAGEM

Matysiak concorre ao 'Oscar da Fotografia' com foto polêmica

DANÇA

Bailarinos de Guarapuava participam de festival on-line

Comentários