‘O que eu deveria ser se não fosse quem eu sou’ é atração no Sesc

Com linguagem contemporânea o espetáculo envolve com o seu dinamismo e força, fazendo com que o público reflita e se emocione

O Sesc em Guarapuava traz até a cidade o monólogo ‘O que eu deveria ser se não fosse quem eu sou’ . Será nesta terça (3), às 20h. A entrada é de graça. 

O espetáculo tem a proposta de retratar, informar e discutir sobre a violência contra a mulher.

De acordo com a sinopse, com a linguagem contemporânea e símbolos, o espetáculo envolve com o seu dinamismo e força,  fazendo com que o público reflita e se emocione.

Assim, entre muitas idas e voltas ela descobre através da corrida que pode traçar um novo caminho para a sua vida, mas para isso precisa ter muita força e coragem. Uma história entre muitas histórias de mulheres que sofrem caladas com a esperança de terem suas vidas de volta e serem felizes.

FICHA TÉCNICA

Elenco: Michella França

Direção: Michella França

Assistente de Direção: David Dias

Iluminação: Carlos Phantasma

SERVIÇO

Dia 03/12, às 20h

Local: Sesc Guarapuava

Classificação indicativa : 14 anos

Gratuito

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

 

 

Relacionadas

LAZER

MON terá oficina de construção de brinquedos neste domingo

CULTURA PARANAENSE

Férias no Museu Paranaense valorizam povos originários do Paraná

DIFERENÇA PARA QUE É DIFERENTE

O bar mais charmoso da cidade, Stone Crow reabre e vem repaginado

Comentários