Sete anos após ter nevado, lembranças embalam guarapuavanos

Em 22 de julho de 2013, por volta das 21h, os guarapuavanos foram surpreendidos pela chegada da neve. Hoje, as recordações da data tomam conta

Hoje, as recordações da data tomam conta (Foto: Kally Ágatha)

Hoje (22) completam sete anos desde que Guarapuava viu neve pela última vez. Naquela noite, por volta das 21h, os moradores foram surpreendidos pela chegada da neve, que deixou a cidade ainda mais bonita. Aqueles que saíam de casa, encontravam ruas cobertas de branco e se divertiam, todos, brincando como crianças.

É assim que se faz presente aquela noite na lembrança da jovem Malena Bernardim. Ela comenta que naqueles dias já circulavam boatos de que ia nevar, mas que as pessoas não acreditavam.

Eu lembro que foi um dia frio, mas não como aqueles mais rigorosos. Quando anoiteceu, eu comecei a receber fotos e mensagens no celular de pessoas falando para sair de casa que estava nevando.

Malena também recorda do momento em que correu para fora com a família e encontrou os vizinhos. “Eu me agasalhei mais e todo mundo da rua onde moro começou a montar um boneco de neve junto. Foi muito legal, mas não demorou muito e voltei para dentro, começou a ficar muito frio”. No dia seguinte, os pais da jovem decidiram ir ao Parque do Lago para tirar algumas fotos, mas ela ficou em casa, já que o frio tinha chegado para valer. “Lembro dos dias em que a neve estava descongelando, foram mais frios ainda”.

(Foto: Arquivo Pessoal)

AS LEMBRANÇAS

Durante a manhã daquela terça (23) centenas de pessoas pularam da cama logo cedo e foram até o Parque do Lago e outros pontos da cidade para comemorar a chegada da neve. Na época, os meteorologistas afirmaram que há mais de 50 anos uma nevasca assim não caía em Guarapuava.

A jovem estudante Kamila Dib Kaminski lembra da data com detalhes, e diz que foi surpreendente. “Foi surreal! Eu fiquei a madrugada inteira acordada olhando pela janela. No outro dia saí ver a cidade, o Lago, a Lagoa. Parecia um filme”. Na manhã da terça (23), Kamila fotografou um casal tirando uma selfie e conta que sempre quis encontrá-los.

Foto que Kamila tirou de um casal na Lagoa (Foto: Arquivo Pessoal)

O frio não desanimou os moradores, que assim como Kamila, passearam pela cidade e se divertiram na neve. O Parque do Lago foi um dos destinos mais procurados naquela manhã. Lá, as famílias brincavam com bolas e bonecos de neve, exatamente como nos filmes de natal e inverno. Além disso, muitas pessoas também brincavam com pedaços de papelão e lona, escorregando pelo gramado.

Lili Amaral também lembra da data com carinho. Ela nunca tinha visto neve e sentiu a emoção tomar conta. “Eu corri brincar e fiz um boneco de neve que chamei de floquinho. Lembro que foram alguns dias até toda a neve descongelar e no outro dia parecia ainda mais frio”.

FOTOGRAFANDO A NEVE

(Foto: Kally Ágatha)

Kally Ágatha, é fotógrafa em Guarapuava. Em 2013, ela aproveitou a bela paisagem do Parque do Lago coberto por neve e tirou uma das fotos mais conhecidas da nevasca. A fotografia de Kally ganhou repercussão nacional após ser divulgada em vários veículos de comunicação. “Todas as fotografias feitas e principalmente a mais conhecida me deram o presente mais valioso que eu poderia receber dentro da fotografia: o tal do reconhecimento”.

E nisso a minha imensa gratidão, pois até hoje colho os mais belos frutos dessa semente. Ter comigo uma fotografia histórica da cidade onde nasci e vivo é uma grande honra pra mim.

(Foto: Kally Ágatha)

Para Kally, também foi incrível ver algo que até então só via em fotos e filmes, mas considera ainda mais emocionante lembrar que pode registrar em fotos esse momento inesquecível.

Lembro como se fosse ontem, dos primeiros flocos de neves caindo do céu, dos bonecos de neve e anjos na neve. Lembro daquela madrugada que todos dormiam, muitos deslumbrados pelo que presenciaram e eu deslumbrada pelo o que estava ali congelando. Quem diria que aquele amanhecer iria mudar minha vida por inteiro e principalmente a minha história. São lembranças que vou guardar pra sempre em minha memória e no meu coração.

ÁLBUM DE FOTOS DA REDE SUL

A beleza proporcionada pela neve que caiu em Guarapuava não poderia passar em branco. Fotos que imortalizaram cenas desse fenômeno da natureza e que trouxeram à tona o sentimento de alegria e emoção foram selecionadas para compor o álbum produzido pela Rede Sul de Notícias.  São 100 páginas das mais belas paisagens da noite e do dia em que Guarapuava se vestiu de branco.

Em 2020 a neve já foi descartada, mas em 2021, será que neva?

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CULTURA EM CASA

Centro Juvenil de Artes lança 2º Concurso Paranaense de Desenho

ARTES PLÁSTICAS

Transição de carreira, a enfermeira que se tornou artista plástica

DIA DOS AVÓS

Durante a pandemia de covid-19, a tecnologia tem sido aliada dos avós

Comentários