“A perda é irreparável”, diz Álvaro Dias

Curitiba – O senador Álvaro Dias (PSDB) lamentou a morte trágica da fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, a médica Zilda Arns.
Acompanhado pela esposa Débora, o senador participou da celebração de uma missa no início da tarde desta sexta-feira no local do velório.
Em entrevista coletiva à imprensa em sala próxima do espaço onde o corpo da médica está sendo velada, o senador questionou por que Zilda Arns morreu tão longe do Brasil.
“Por que ela estava naquele local e naquela hora? São perguntas sem respostas”, disse o senador.
Para Alvaro Dias, Zilda Arns era uma “pessoa muito especial que sempre se dedicou a missões especiais e que morreu em missão. Ela lutou e se entregou aos mistérios do destino. A nossa perda é irreparável”, afirmou.
O senador lembrou que a médica salvou muitas vidas. “Alguém disse que quem salva uma vida, salva o mundo. A Dra Zilda salvou muitos mundos”. (C.E. e N.C.)

Relacionadas

BOLETIM COVID

Saúde de Guarapuava já contabiliza mais de 1.100 casos de covid-19 em janeiro

EDUCAÇÃO

PR é exemplo de prevenção na aplicação da prova do Enem, diz ministro da Educação

INÍCIO DE VACINAÇÃO

Enfermeira é a primeira a receber a vacina no Brasil

Comentários