5ª Regional perde posto de menor índice de mortalidade por covid-19

Somente nos nove primeiros dias do mês de dezembro, o município de Guarapuava já confirmou 649 novos casos e 10 mortes pela doença

Menor índice agora pertence a 6ª Regional, com sede em União da Vitória (Foto: Arquivo/RSN)

O avanço da covid-19 na Região tem tomado proporções cada vez mais significativas. No dia 12 de novembro, a 5ª Regional, que tem sede em Guarapuava, perdeu o posto de Regional com menor índice de contaminação pela doença, levando em consideração a quantidade de habitantes. Nessa quarta (9), a Regional também deixou de apresentar o menor índice de mortalidade do Estado.

De acordo com os boletins diários apresentados pela Secretaria de Saúde do Estado, desde o início da pandemia, a Regional de Guarapuava se manteve com os menores índices. No entanto, quem agora ocupa o posto é a 6ª Regional, que tem sede em União da Vitória. Novembro foi o mês de recordes, somente no município de Guarapuava, 18 pessoas morreram em decorrência da doença.

Desse modo, atualmente o índice de mortalidade da Regional de Guarapuava no dia 1º de dezembro era de 12, levando em consideração 100 mil habitantes. No boletim desta quarta (9), o número saltou para 15,5. Já o índice de confirmações, que no primeiro dia do mês era de 1.210 já chega a 1.471.

RECORDE DE NOVOS CASOS

O maior número de novos casos confirmados no município de Guarapuava foi na terça (8). Neste dia, a Saúde informou que 135 pessoas tiveram resultado positivo para a doença. Desse modo, nos nove primeiros dias do mês de dezembro, já são 649 novos casos e dez mortes. Mesmo com o avanço evidente da doença, a Polícia Militar ainda tem tido trabalho para desfazer aglomerações.

O município acumula 3.573 casos. Destes, 845 casos são ativos, ou seja, tem alta chance de contaminar outras pessoas. Além disso, há 319 casos em investigação. E os pacientes recuperados somam 2.686 e os descartados para doença são 5.584. Por fim, Guarapuava já soma 42 mortes pela doença desde o início da pandemia.

O recorde de novos casos confirmados, até em então, teria sido dia 21 de novembro, quando 123 pacientes tiveram resultado positivo. Além disso, em novembro, a doença chegou ao sistema carcerário de Guarapuava.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

80ª morte por covid-19 é confirmada em Guarapuava

PANDEMIA

Saúde divulga Nota Orientativa sobre prevenção de variantes do coronavírus

MAIS CHUVA

Última semana de janeiro será de tempo instável em Guarapuava

Comentários