A empresária Elaine Scartezini é aclamada para presidir a ACIG

Elaine tem como vice, o empresário Claudinei Pereira. De acordo com a ACIG, a nova diretoria assume a entidade no dia 1º de julho

A empresária Elaine Scartezini é aclamada para presidir a ACIG (Foto: Ascom/ACIG)

A empresária Elaine Scartezini Soares de Meirelles foi eleita por aclamação e vai presidir a Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (ACIG) pelo biênio 2020-2022. De acordo com a entidade, a nova diretoria assume a  no próximo dia 1º de julho.

Conforme a política empresarial que se repete na ACIG, apenas uma chapa consensual foi apresentada aos associados, já que não houve outra chapa inscrita. Entretanto, o atual presidente Cledemar Mazzochin é um dos únicos a não concorrer à reeleição, porque o estatuto da entidade agora não prevê reeleição.

Porém, a escolha de Elaine Scartezini fortalece a participação da mulher no associativismo. Ela é a segunda a presidir a entidade. A primeira foi a empresária Ires Salete Previatti (2004-2006).

De acordo com a ACIG, Elaine tem uma trajetória de mais de 20 anos dentro do associativismo. A empresária conta  com atuação direta dentro da Acig, e da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Centro-Oeste do Paraná (Cacicopar). Além da Associação das Retíficas de Motores do Estado do Paraná e do Conselho Nacional de Retífica de Motores.

NA ACIG

Conforme a trajetória da empresária, na Acig e Cacicopar, sempre atuou pelo fortalecimento das  empresárias da Região. Assim, foi presidente do Núcleo da Mulher Empresária por uma gestão, e membro do Conselho Deliberativo da Acig (2018-2020). No segmento onde atua, em 2000, assumiu a presidência da Aremopar por duas gestões seguidas. Em 2001, entrou para o Conarem, e em 2010 ingressou na diretoria como Secretária Nacional, permanecendo até hoje.

Conforme a líder empresarial, o momento de pandemia demanda que  a entidade tenha uma diretoria “mais atuante e comprometida da história de 65 anos da entidade”.

Todos da diretoria têm o sangue do empreendedorismo correndo nas veias, e, como líderes, não tenho dúvida, de que somos capazes de trabalhar na formatação de produtos, serviços e soluções empresariais concretas para os associados.

ALINHAMENTO

O atual presidente Cledemar Mazzochin e Elaine Scartezini (Foto: Ascom/ACIG)

Para o atual presidente Cledemar Antonio Mazzochin, que deixa a presidência da ACIG,  a diretoria que assume está alinhada para dar continuidade ao trabalho que vinha sendo realizado.

De acordo com Mazzochin, a gestão 2018-2020 extrapolou os limites da Associação. “Buscamos mais diálogo com o poder público e as entidades de classe, visando parcerias para o desenvolvimento de Guarapuava e Região. Tenho certeza que a gestão 2020-2022 continuará com esse posicionamento político-estratégico, além de articular ações inovadoras para aproximar a entidade cada vez mais dos associados, principalmente aqueles dos centros de bairros”.

A NOVA DIRETORIA

Elaine Scartezini Soares de Meirelles (Presidente)

Claudinei Pereira (1º Vice-Presidente )

Lilian Waschburger Cadore (2ª Vice-Presidente)

Luciano Chiott (Presidente Comércio )

Marcelo Carlos Gomes (Vice-Presidente Comércio)

Marcelo Antonelli (Vice-Presidente Indústria)

Miriam Cristina Matoba Abedala (Vice-Presidente Prestação de Serviços)

Fabio Peterlini (Vice-Presidente Agrícola)

Marco Borges (Diretor Administrativo)

Rejane Botelho Teixeira da Silva (Vice-Diretora Administrativa)

Esabel  Szeuczuk (Diretora de Finanças e Orçamento)

Janos de Matos Horst (Vice-Diretor de Finanças e Orçamento)

Jaciel Antonio Burak (Diretor para Assuntos SPC)

Paulo Deoclécio Meister (Diretor de Relações Públicas)

Maria Inês Cordeiro da Silva Guiné  (Diretora de Promoções e Eventos)

Robson Krieger (Diretor do Programa Empreender)

Ivandro Joel Johann (Diretor de Assuntos Sindicais)

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NO PARANÁ

UEM deve economizar R$ 200 mil por ano com usina solar

FAZER O BEM

Felchak está entregando kit junino neste sábado (4)

NA PANDEMIA

Apenas 15% das pequenas empresas conseguiram crédito durante a pandemia

Comentários