Aberta chamada pública para agricultura familiar no Paraná

O objetivo da chamada pública é a contratação de associações e cooperativas para fornecimento de produtos para a alimentação escolar em 2021

Aberta chamada pública para agricultura familiar no Paraná (Foto: Reprodução/Pixabay)

O Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar) abriu nesta sexta (20) o Sistema Eletrônico Merenda do Paraná. Desse modo, permitindo a submissão de propostas para que associações e cooperativas da agricultura familiar forneçam alimentos para as escolas estaduais. Conforme a Agência Estadual de Notícias, os interessados podem inscrever projetos de venda pelo site até as 17h do dia 9 de dezembro. E a previsão de investimento para essa contratação chega a R$ 75 milhões.

De acordo com o diretor-presidente da Fundepar, Alessandro Oliveira, o objetivo é disponibilizar aos estudantes da rede estadual de ensino, cardápios com uma maior qualidade e diversidade de alimentos.

Os alimentos da agricultura familiar são mais frescos e com teor nutricional mais alto que os produzidos em larga escala. A produção é diversificada e para todo o ano letivo. Compramos produtos paranaenses, investimos na economia do Paraná.

Além disso, a compra dos produtos promove geração de renda na área rural e estimula a continuidade das famílias no campo. Em 2020, o programa beneficiou cerca de 25 mil famílias de pequenos agricultores com a contratação pela chamada pública. A medida também preserva hábitos alimentares e culturais ao respeitar a produção local, com maior aceitabilidade entre os estudantes das várias Regiões do Paraná.

Até novembro, foram R$ 60 milhões para compra de 11 mil toneladas de produtos da agricultura familiar. O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAD) estabelece que no mínimo 30% dos recursos destinados à alimentação dos estudantes sejam reservados para a compra de alimentos da agricultura familiar. Contudo, o Estado tem destinado em média 70%.

(Foto: Reprodução/Pixabay)

ETAPAS

O processo terá as seguintes etapas: inscrição e cadastro dos projetos, classificação, habilitação e contratação. Dessa maneira, as cooperativas e associações contratadas ficam responsáveis de entregar os alimentos diretamente nas escolas dos 399 municípios do Paraná.

Conforme o Instituto, entre alguns dos grupos de interesse de compra estão frutas, hortaliças, temperos, legumes, verduras e tubérculos. E ainda, leite, panificados, sucos, ovos, iogurte, doce em pasta, arroz e feijão. Além disso, o edital já está disponível pelo site. Por fim, outras informações podem ser solicitadas pelo e-mail: chamadapublica@fundepar.pr.gov.br.

Leia outras no Portal RSN.

Relacionadas

COLHEITA FARTA

Produtor de cevada comemora colheita, qualidade e preço

DELÍCIAS DA UVA

Cultura da uva volta a ganhar destaque na Região e em todo Paraná

AGRONEGÓCIO EM ALTA

Valor do bruto da produção agrícola de Guarapuava supera R$ 1 bi

Comentários