Abertas as inscrições para bolsa do Programa Geração Olímpica

São centenas de bolsas com valores que variam de R$ 200 a R$ 3 mil. O período para inscrições termina às 18h de sexta (17)

Abertas as inscrições para bolsa do Programa Geração Olímpica

A Superintendência do Esporte divulgou essa semana o regulamento para os atletas e técnicos interessados em concorrer à bolsa do programa Geração Olímpica. As inscrições já estão abertas e devem ser feitas até as 18h de sexta (17).

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, o Geração Olímpica é considerado o maior programa de incentivo ao esporte, por meio da bolsa-atleta, em nível estadual. O patrocínio exclusivo é da Copel, que nesta edição vai aportar R$ 4,75 milhões. Além disso, a empresa é parceira do projeto desde o início e também é a grande responsável pelo desenvolvimento do esporte no Paraná.

Conforme o superintendente do Esporte, Helio Wirbiski, mesmo em tempos tão difíceis, o programa continua.
“A manutenção deste programa, em tempos tão delicados como os que passamos, com o mesmo aporte de investimento, é uma demonstração do tamanho da importância que o Governo do Paraná e a Copel dão a ele”.

Assim, segundo o superintendente, o programa, além de indutor do esporte de alto rendimento – ciclo olímpico e paraolímpico-, também dá suporte às centenas de atletas e técnicos do Estado que têm nessa bolsa um fator primordial para o desenvolvimento das carreiras.

ESCOLHA DOS CANDIDATOS

Todo o processo de escolha dos candidatos para a edição de 2020 está detalhado no Regulamento Geral 2020. Além disso, a entrega presencial dos documentos necessários foi alterada. Assim, de acordo com as normas para a edição de 2020, todas as fases serão on-line.

Antes de iniciar a inscrição, o atleta deve ler o regulamento e tirar dúvidas com a Entidade de Administração do Desporto da modalidade, com o técnico ou com a equipe do Geração Olímpica pelo geracaoolimpica@esporte.pr.gov.br.

Todas as dúvidas serão respondidas única e exclusivamente pelo endereço eletrônico do programa em virtude do teletrabalho que está sendo desenvolvido neste momento de prevenção e cuidados com a Covid-19.

10 ANOS

Em 2020, o Geração Olímpica completa 10 anos e o programa vai disponibilizar 1.215 bolsas para atletas e técnicos em seis categorias diferentes. Assim haverá bolsas desde crianças com mais de 11 anos até atletas de alto rendimento.

A principal categoria, a Olimpo, irá disponibilizar 30 bolsas no valor de R$ 3 mil para os atletas com maiores chances de conquista de vaga para Tóquio 2021. Confira abaixo, as categorias, os valores e o número de bolsas ofertadas.

Formador Escolar: 400 bolsas / R$ 200
Técnico Formador Escolar: 45 bolsas / R$ 350
Estadual EAD: 400 bolsas / R$ 500
Técnico EAD: 70 bolsas / R$ 850
Nacional: 270 bolsas / R$ 1.000
Olimpo: 30 bolsas / R$ 3.000

HISTÓRIA

Nos últimos anos, os atletas participantes das edições do programa vêm conquistando resultados expressivos. Nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, seis bolsistas representaram o programa.

Quatro anos depois, na Rio 2016, o número de atletas saltou para 34 bolsistas e foram conquistadas duas medalhas de prata. Em 2019, nos jogos Pan-Americanos e Parapan-americanos de Lima, 41 bolsistas representaram o Geração Olímpica.

Por fim, eles trouxeram para casa 31 medalhas, sendo nove de ouro, cinco de prata e 14 de bronze.

GERAÇÃO OLÍMPICA

Em busca de ampliar as oportunidades para os atletas e técnicos, foi lançado em 2011 o programa Geração Olímpica, que em sua fundação se chamava Programa Talento Olímpico do Paraná.

Assim, de lá para cá, foram atendidos mais de nove mil técnicos e atletas com foco no fomento e desenvolvimento das modalidades presentes nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

As dúvidas devem ser enviadas para o e-mail geracaoolimpica@esporte.pr.gov.br ou pelo Fale Conosco.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DESEMPREGO

Guarapuava fecha abril com saldo negativo, diz Caged

PREVENÇÃO

Unicentro entrega materiais para combate à covid-19 para Pinhão e LS

PESQUISA

Lançadas novas chamadas de projetos de inclusão, pesquisa e extensão

Comentários