Acopecc lança pedra fundamental da sede própria

A Associação do Centro-Oeste do Paraná de Estudos e Combate ao Câncer (ACOPECC) deu mais um passo e na tarde de quinta-feira, 28, lançou a pedra fundamental da nova sede que será construída. As obras devem começar logo, para que em janeiro de 2010 a nova Casa de Apoio possa estar funcionando.
O terreno, localizado na rua Marechal Floriano Peixoto, 926, possui 298 metros quadrados e foi uma doação conjunta da empresária e presidente da entidade Maria Zeni Neves, a Mara, e do médico Waldemar Geteski Júnior. O projeto da obra já está pronto e prevê uma área construída de 382 metros quadrados em dois pavimentos.
A parte inferior será destinada ao paciente oncológico, com cozinha, refeitório, banheiros e sala. Na parte superior ficará a administração e outros cômodos de apoio, como uma segunda cozinha. “Hoje temos guardados R$ 50 mil para a construção da Casa de Apoio, mas contamos com o coração generoso do guarapuavano para tornar esse sonho realidade. Hoje estamos plantando a pedrinha e em janeiro de 2010 a meta é inaugurar a casa. No momento estamos pagando aluguel no valor de R$ 670, muito dinheiro para tirarmos da Casa de Apoio, um dinheiro que pode vir em benefício aos pacientes oncológicos”, ressalta a presidente da Acopecc, Mara Neves.
Waldemar Geteski Junior conta com emoção a trajetória da entidade. “Eu vi a Acopecc nascer e crescer e vi a necessidade de ter uma Casa de Apoio, uma sede própria para a entidade. Com a ajuda dos meus pais, que me apoiaram nesta empreitada, optei por fazer a doação, juntamente com a Mara, e espero que esse ato seja o despertar para muita coisa que ainda vai acontecer. Temos que construir a casa, precisamos de dinheiro para financiar essa construção e por isso espero o bom coração da população para podermos viabilizar a sede que trará conforto aos pacientes que sofrem com a doença”.
Guarapuava é o centro regional de tratamento quimioterápico, e pacientes carentes de cerca de 29 municípios necessitavam de um ambiente que os acolhesse. Por isso, a Acopecc foi criada em 2002, objetivando oferecer mais qualidade de vida aos pacientes com câncer.
É uma entidade sem fins lucrativos, qualificada como de utilidade pública pela lei municipal 1253/2003 e pela lei estadual 14.576/2004. Desde a sua criação a Acopecc promove assistência social aos pacientes e seus familiares e diariamente oferece alimentação gratuita durante as sessões de quimioterapia, arrecada e distribui alimentos, cestas básicas, disponibiliza medicamentos aos que não têm condições financeiras e hospeda gratuitamente os pacientes que residem fora da cidade.
A casa é mantida hoje com a realização de eventos, entidades parceiras, doação de sócios- contribuintes, bazar, doações de alimentos e utensílios. Por mês, a entidade recebe através de doações aproximadamente R$ 1 mil. Para viabilizar o andamento da construção e continuar com o atendimento aos pacientes, a Acopecc necessita de pelo menos R$ 3 mil. Além da unidade de Guarapuava, a Acopecc mantém unidades em Pinhão e Pitanga.

Ajude a Acopecc a provar que é possível… Seja também um voluntário. Fone: 3035-3921

Por Daiane Celso

Relacionadas

CONQUISTA

Bituruna, capital paranaense do vinho, busca a Indicação Geográfica (IG)

BOA NOTÍCIA

Guarapuava entra no segundo dia de vacinação contra a covid-19

TRAGÉDIA

Incêndio atinge instituto na Índia que fabrica vacina de Oxford

Comentários