Advogados podem aderir à RedeSim para constituirem escritórios associados

O convênio vai dar mais agilidade nos processos de constituição de escritórios de advogados associados

A governadora Cida Borghetti durante assinatura do convênio entre a Jucepar e a OAB/PR (Foto Jonas Oliveira/Governadoria)

Advogados paranaenses que desejam constituir escritórios agora podem aderir à Rede de Simplificação do Registro Empresarial (Redesim).  O documento de parceria entre o Governo do Estado e a Ordem dos Advogados do Paraná (OAB-PR) foi assinado, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, pela governadora Cida Borghetti; o presidente da Junta Comercial do Paraná (Jucepar), Ardisson Akel; e o presidente da OAB-PR, José Augusto Araújo de Noronha, nessa terça feira (12).

O convênio vai dar mais agilidade nos processos de constituição de escritórios de advogados associados, uma vez que além de precisar dar entrada com o pedido na OAB os advogados precisam da autorização de outros órgãos para iniciar as atividades dos escritórios.

Agora, com a integração no Empresa Fácil, os profissionais poderão ir apenas à OAB para constituir uma sociedade e as informações serão compartilhadas com prefeitura e órgãos de licenciamento através do sistema da Jucepar. Além disso, será possível também obter o deferimento do CNPJ da sociedade de advogados e o Alvará Comercial Provisório pelo integrador.

A governadora Cida disse que a sua gestão tem como foco a modernização da máquina pública para facilitar a vida das pessoas. “O Paraná é o segundo estado a incluir a OAB na Redesim. Queremos desburocratizar o serviço público para dar condições e agilidade ao cidadão que deseja abrir sua empresa. Essa parceria com a OAB vai facilitar a vida de muitas pessoas”, afirmou a governadora.

De acordo com o presidente da OAB-PR, José Augusto Araújo de Noronha, atualmente para abrir uma sociedade de advogacia o profissional leva cerca de 70 dias. “Com essa integração à Redesim o advogado levará apenas 5 dias para abrir uma sociedade. Isso reduz toda a romaria que o profissional precisa para abrir uma pessoa jurídica hoje. Só temos a agradecer pela integração e dizer que a Junta Comercial está fazendo um trabalho espetacular”, disse.

A partir de 1.º de julho os advogados já poderão utilizar o Sistema Empresa Fácil. Para Akel, a mudança também trará economia de tempo e recursos dos profissionais. “Com o convênio, o profissional não precisará mais percorrer diversos departamentos para conseguir os documentos, pois tudo é integrado ao Empresa Fácil. Isso vai simplificar a vida do advogado que já é tão atribulada. Acredito que essa parceria é fruto do processo de modernização que a Junta realizou e que tem como objetivo desburocratizar, simplificar e agilizar o processo”, disse ele.

De acordo do o presidente da Junta, cerca de 213 cidades paranaenses já estão integradas à Redesim. A meta, segundo ele, é que até o final do ano todos os 399 municípios sejam parceiros da rede. “Nosso foco não é só proporcionar a abertura mais fácil da empresa, mas também a agilidade no dia a dia, como alteração de endereço ou abertura de uma filial. Além da própria baixa da empresa, que é feita dentro de 48 horas sem qualquer tipo de certidão”, afirmou.

Relacionadas

CRÍTICA

Aliel critica Moro por não querer investigar denúncias contra Richa

ELEIÇÕES

Osmar Dias diz que não possui acordo com Requião

ATITUDE!

Cida diz que novo modelo de concessão pode reduzir pedágio em 50%

Comentários