Agências do Trabalhador tem mais de 13 mil vagas de emprego disponíveis no Paraná

Da redação – O Sistema Público de Empregos do Paraná alcançou, na manhã desta terça-feira, dia 12, recorde de vagas de trabalho disponíveis. As 252 Agências do Trabalhador do Estado ofertavam 13.382 oportunidades no mercado formal. O número é o maior dos últimos 32 anos e, para Fernando Peppes, secretário em exercício do Trabalho, Emprego e Promoção Social, os números comprovam a recuperação da economia paranaense neste período pós-crise mundial. “O início de 2010 aponta retomada das contratações. As vagas abertas mostram otimismo dos empresários para o ano e devem melhorar as perspectivas dos trabalhadores”, disse.

De acordo com ele, todas as cidades paranaenses com postos de atendimento do Sistema Nacional de Empregos (Sine) apresentaram aumento na oferta de trabalho. “É importante fazer esta análise para traçar um mapa das oportunidades e perceber que todas as regiões do Estado estão se desenvolvendo, sem que um ou outro município se destaque sozinho e sem obrigar que os trabalhadores saiam de suas cidades em busca de emprego nos grandes centros”, completa Peppes.

Segundo o coordenador do Sine no Paraná, Messias da Silva, a grande oferta reflete o sucesso de política públicas voltadas a proteger os pequenos empreendedores e os trabalhadores paranaenses. “Medidas como a isenção ou redução do ICMS, aumento do poder de compra e menos impostos para produtos de consumo básico, fazem o dinheiro girar. Significam mais pessoas comprando, mais empresas vendendo e mais industrias produzindo. Este ciclo gera emprego e fortalece a economia, tanto no campo quanto na cidade”, explica.

Vagas

Dados da Secretaria do Trabalho indicam que os setores que mais contratam neste começo de ano são a Construção Civil, Serviços e Indústria da Transformação. Novas obras impulsionam a procura por pedreiros, serventes, azulejistas, pintores e armadores de ferro. Enquanto a Páscoa, daqui há quatro meses, já abre postos de trabalho para as funções de auxiliar de linha de produção, vendedores e promotores de venda.

“Nossa expectativa para 2010 é muito positiva. Tivemos recordes de trabalhadores colocados em 2008 e em 2009, quando foram 160 mil e 164 mil pessoas empregadas, respectivamente. Neste ano, com o fim da crise, as obras do PAC no Estado e as eleições, alcançaremos um número ainda mais expressivo”, acredita a coordenadora de intermediação de mão-de-obra da Secretaria, Angela Carstens.

“O otimismo é tanto que tem empresário pensando no Natal”, conta ela. “Uma indústria da Região Metropolitana de Curitiba, por exemplo, abriu 200 vagas para aumentar a produção de olho em dezembro”, revela. As vagas, segundo a coordenadora, são disponibilizadas aos poucos e as contratações são imediatas.

Confira amanhã na Rede Sul de Notícias as vagas disponíveis para Guarapuava

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Foto: divulgação

Relacionadas

BOLETIM COVID

Saúde de Guarapuava já contabiliza mais de 1.100 casos de covid-19 em janeiro

EDUCAÇÃO

PR é exemplo de prevenção na aplicação da prova do Enem, diz ministro da Educação

INÍCIO DE VACINAÇÃO

Enfermeira é a primeira a receber a vacina no Brasil

Comentários