Aliel pede CPI para apurar interferência de Bolsonaro na PF

Aliel se baseou em denúncia feita pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro nesta sexta (24), durante coletiva quando anunciou a saída do governo

Deputado Aliel Machado (Foto: Jair Marques)

O deputado federal Aliel Machado (PSB) entrou nesta sexta (24) com a solicitação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Federal. Assim, o parlamentar quer investigar uma possível interferência do presidente Jair Bolsonaro nas investigações da Polícia Federal.

De acordo com Aliel, o pedido está embasado nas declarações do ex-ministro da Justiça Sergio Moro. Conforme o ex-ministro, Bolsonaro teria decidido trocar o comando da PF para ter acesso às investigações da corporação. Essa denúncia foi trazida à tona na entrevista coletiva de Moro nesta sexta.

Conforme postagem no Twitter, logo após a entrevista de Moro, Aliel disse: “Acabou o governo @jairbolsonaro. Moro acaba de fazer denúncias gravíssimas. Interferência política na PF. As instituições estão correndo perigo”.

E segue dizendo: “Autonomia da PF é uma conquista da democracia e fundamental para combater a corrupção. Bolsonaro já tinha desprestigiado o MPF na escolha do PGR e agora fere de morte a isenção da PF. #VERGONHA”.

Aliel escreveu também: “O país em estado de calamidade, centenas de mortes diárias, crise de saúde pública, social e econômica, e o senhor Presidente da República preocupado em trocar o diretor da PF por capricho e orientação do filho”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SUSPEITA

Toffoli é internado e tem sintomas que sugerem a covid-19

REFLEXO

Pesquisa mostra que pandemia fez número de casamentos cair até 61%

RESPONSABILIDADE

Prazo para alistamento militar on-line é até o dia 30 de junho

Comentários