“Almas penadas tentam impugnar a minha candidatura”, diz Burko

Burko diz também que "pareceres jurídicos comprados, servem somente para tentar me desestimular. Mas não vão conseguir"

“Almas penadas tentam impugnar a minha candidatura”, diz Burko (Foto: arquivo/RSN)

O candidato a prefeito de Guarapuava Vitor Hugo Burko (DEM) vive uma ‘queda de braço’ na Justiça. Entretanto, nos bastidores, Burko ‘solta o verbo’ e acusa grupos adversários de tentar impedir que ele participasse das eleições. Ontem (14), o TRF4 negou novo pedido da defesa para invalidar decisão que o condena junto ao Tribunal de Contas da União.

A Vara Federal de Guarapuava já tinha negado o mesmo pedido. Porém, agora essa decisão foi avalizada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. A sede é em Porto Alegre (RS). O órgão colegiado tem 27 desembargadores federais escolhidos entre os juízes federais de 1ª Instância. Além disso, membros do Ministério Público e representantes da Ordem dos Advogados do Brasil. Todos nomeados pelo Presidente da República, nos termos da Constituição Federal.

Entretanto, apesar de advogados especializados em Direito Eleitoral assegurarem que o ex-prefeito não sustenta a candidatura até o fim das eleições, Burko contesta. Além de garantir que está apto a concorrer no pleito deste ano, porque não cometeu dolo, ele ataca grupos adversários. “Por que será que os poderosos unidos querem tanto me tirar fora das eleições”?.

DECISÃO

Conforme o ex-prefeito, a decisão do TRF4 não afeta a candidatura. “Só vai fazer que as almas penadas mostrem a cara tentando impugnar minha candidatura”. E vai muito além. “Pareceres jurídicos comprados, servem somente para tentar me desestimular. Porém, não vão conseguir”.

Assim, sem ‘papas na língua’, estilo que faz parte da personalidade política do candidato, ele continua atacando. “O povo de Guarapuava não é gado para ser conduzido por dois ou três capitães do mato”.

De acordo com Burko, ele nunca teve nada fácil na vida. “E desta vez não seria diferente. Não me vendo, não faço conchavos. Não me submeto aos poderosos. Então não sirvo para o sistema”.

APOIO DO AGRONEGÓCIO

A candidatura de Vitor Hugo Burko vem com o apoio do agronegócio. Tanto é que o empresário Thiago Pfann ocupa a vaga de vice. Ele é filho de um dos mais tradicionais produtores da Região, Josef Pfann Filho. Ao lado de Pfann, o ex-presidente da Sociedade Rural de Guarapuava, Johann Zuber Junior prestigiou a convenção do DEM no domingo (13). Outros empresários e lideranças rurais de ‘peso’ como José Artur Hilgemberg Filho e Denilson Baitala estão na coordenação da campanha.

Vale lembrar que Burko, que nasceu no berço do PL, tem uma carreira política iniciada como vereador, sendo prefeito por dois mandatos (1997 até 2004). Em seguida assumiu a presidência do instituto Ambiental do Paraná (IAP). Porém, apesar de militar num partido conservador, então no PL, em 2006 compôs a chapa liderada por Flávio Arns, pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Hoje está no DEM.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SEGUNDO TURNO

Mabel Canto e Professora Elizabeth estão empatadas em Ponta Grossa

TRÂNSITO

Motorista bêbado quase atropela pedestres e é preso em Guarapuava

PRIMEIROS SOCORROS

Policial salva vida de recém-nascida que estava engasgada

Comentários