Animal ferido gera polêmica

Guarapuava – O acidente povocado por uma égua que estava solta na Avenida Manoel Ribas, às 6h30min, de ontem (6), gerou polêmica.
O animal que foi ferido durante a batida com um veículo permaneceu na rua até às 11h30min, sem qualquer atendimento.
O fato foi comunicado à Surg e um caminhão-caçamba foi até o local para buscar a égua, mas como o animal estava vivo, o motorista retornou à empresa deixando-a na rua.
Somente horas depois da batida, após o fato ter sido divulgado pelo radialista Celso Pinheiro (Difusora) é que a Polícia Ambiental ficou sabendo do caso.
Segundo informações, os departamentos competentes da Prefeitura foram acionados, mas houve nenhuma ação.
Por último, a informação obtida por um repórter deste site no local onde o animal se encontrava, às 11h30min, era de que a égua seria transportada para o Parque das Araucárias. A informação foi feita por um funcionário da Secretaria Municipal do Meio Ambiente que estava no local nesse horário. A Polícia Ambiental também estava lá.
Mas hoje (7), um cunhado do motorista do carro envolvido na batida e que permaneceu no local até perto do meio-dia de ontem, contestou a informação do funcionário municipal. Disse que o animal encontra-se numa chácara particular e que todas as despesas com o caso estão sendo particulares.

Comentários