Após briga, homem é morto e tem corpo carbonizado em Virmond

Um jovem de 21 anos confessou que matou um homem de 49 anos.A PM encontrou na casa do rapaz, um facão e duas facas que podem ter sido usados no crime

Após briga, homem é morto e tem corpo carbonizado em Virmond (Foto: Reprodução/Pixabay)

Uma briga em um bar na área rural de Virmond terminou em tragédia na noite dessa quinta (6). Um homem foi morto e teve o corpo queimado. Trata-se de Alexandre da Luz Lopes de 49 anos. De acordo com relato policial, por volta das 20h, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência na Linha Campo das Crianças, área rural do município. Havia a informação de que no bar que fica na localidade teria ocorrido uma briga e em seguida uma morte.

A dona do bar disse que ocorreu uma discussão e que ela pediu que as pessoas saíssem do estabelecimento. Em seguida, a comerciante fechou o bar e não soube mais o paradeiro dos envolvidos na briga. Porém, em patrulhamento em uma vila próxima ao bar, os policiais viram um terreno com fogo no mato. De acordo com a PM, a equipe foi abordada por um homem que informou que no meio do fogo havia um corpo. Além disso, a testemunha afirmou que o autor do crime seria um jovem de 21 anos.

CORPO CARBONIZADO

Os bombeiros foram acionados para apagar as chamas e foi localizado um corpo carbonizado. A Polícia Civil de Cantagalo foi até a casa do denunciado pelo homicídio. O rapaz negou inicialmente o crime, mas a esposa dele disse na frente dos policiais: “Agora pode contar, não adianta esconder, já aconteceu mesmo”. Foram feitas buscas dentro da casa e foi encontrado um violão que era da vítima.

O jovem de 21 anos confirmou que o violão era de Alexandre. Também foi localizada uma nota de R$ 50. Conforme a Polícia Militar, foi encontrada a roupa usada pelo acusado no momento do crime, além de um facão e duas facas, que segundo relato policial, podem ter sido usados para cortar a garganta da vítima. Em seguida, o jovem confessou o assassinato e foi preso. Ele foi encaminhado com os objetos apreendidos para a Delegacia de Polícia Civil de Laranjeiras do Sul.

A PM não informou o que poderia ter motivado o crime. Por fim, o corpo foi trazido para o Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava, onde aguarda identificação oficial dos familiares.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

LATROCÍNIO

Ossada de homem desaparecido desde maio é encontrada em Candói

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

Assentamentos da Região recebem contratos de concessão de uso

METROPOLITANO

DER seleciona empresa para assumir duas linhas na Região

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com