Após mais de 40 anos de serviço público, Silvinho quer ser vereador

Aposentado antecipa que vai escolher partido de oposição ao prefeito Cesar Filho

A primeira atividade profissional foi como engraxate aos sete anos de idade. Durante a infância humilde, os brinquedos foram trocados pela venda de frutas, salgados, sorvetes, carnês do Baú da Felicidade e da Jogada Maior. À medida em que os anos passavam, outras atividades foram se incorporando ao cotidiano do guarapuavano Silvio Romero Soares. “Trabalhei em madeireira, na limpeza de pinus, de parques públicos, terrenos baldios. Fui também servente de obras e pintor de paredes”.

(Foto: Nádia Moccelin/RSN)

Em 1980, Silvinho, como é conhecido o servidor público aposentado, foi contratado pelo Município como servente. Era apenas o começo de uma carreira que durou 41 anos e oito meses. “Fui segurança patrimonial, fiscal tributário, fiscal geral, fiscal em vigilância em saúde por 17 anos”. Depois disso, atuei como educador, supervisor do EstaR [Estacionamento Regulamentado] e chefe de divisão nos departamentos de Habitação, Vigilância Sanitária, Serviços Urbanos, Encarregado de Pessoal, almoxarifado de alimentos, defesa civil, setor de arquivos da Secretaria de Assistência Social. Em março deste ano, Silvinho se aposentou no Departamento da Junta Militar.

Se autodenominando um defensor do funcionalismo público e primando pelo bom atendimento ao público, a sua intenção agora é encarar um novo desafio. Líder comunitário com atuação nas associações de moradores do núcleo Tancredo Neves, Campo Velho e Odilon Toledo, ele quer colocar a sua popularidade à prova, e lançar uma pré-candidatura a vereador em 2020.

Inspirado na atuação política do ex-vereador Osdival Gomes da Costa (já falecido), e com quem trabalhou durante 22 anos, Silvinho quer deixar as decepções sofridas nas últimas eleições municipais e traçar o seu próprio caminho. “Achei que tinha encontrado um Osdival II – uma pessoa idônea e fiel -, mas me enganei. Acreditei num candidato que ajudei a eleger e que me virou as costas. Agora quero eu cuidar de quem acredita em mim, o povo”.

Avaliando os convites que tem recebido, ele ainda não se definiu, mas de uma coisa ele tem certeza: “vou ser candidato de oposição ao grupo que comanda a Prefeitura”.

Relacionadas

COLÉGIO MILITAR

Anúncio do governador na segunda (26) gera expectativa em Guarapuava

NOVO BOLETIM

Guarapuava confirma 16 novos casos de covid-19 em 24h

INSTABILIDADE

Fim de semana deve ser de tempo instável em Guarapuava

Comentários