App do Corpo de Bombeiros do Paraná alerta sobre clima no Estado

Aplicativo informa, também, sobre a balneabilidade das águas do Litoral e localização de postos guarda-vidas

(Foto: Divulgação/PMPR)

Pensando em dar mais informação aos paranaenses pelo celular, o Corpo de Bombeiros do Paraná criou uma plataforma inédita no Estado. Trata-se de um aplicativo capaz de informar, em tempo real, as condições climáticas, a localização de postos guarda-vidas das praias e a balneabilidade das águas do Litoral. O app está disponível para download no Google Play e no App Store, gratuitamente.

De acordo com informações do Governo do Estado, a plataforma é resultado de estudo que envolveu integrantes do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), para ser utilizado a partir da Operação Verão Paraná 2018/2019. O aplicativo é pioneiro no Brasil ao se basear no Protocolo de Alerta Comum (Common Alerting Protocol – CAP), desenvolvido pela Organização Meteorológica Mundial, a qual estabelece parâmetros de alertas sobre as condições de clima que podem ser compreendidos em todo o planeta. É com os dados computados por esta organização que os alertas são emitidos e repassados aos usuários da região que será afetada.

GEOLOCALIZAÇÃO

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o aplicativo utiliza uma tecnologia de geolocalização que informa ao usuário os alertas, contendo o tipo de fenômeno (chuva, granizo, ressaca, ventos fortes), data e hora de início e fim da condição climática, para que o cidadão possa ter mais tempo de se preparar e se proteger. Além de cobrir o Litoral, o mapa de alertas abrange a Região Metropolitana, Curitiba e o Interior do Estado, de acordo com a localização do smartphone do usuário.

GUARDA-VIDAS

Além dos alertas também há o serviço de localização de quartéis, postos de guarda-vidas e informações sobre as condições de balneabilidade das praias. Todos os pontos são atualizados em tempo real e contém informações complementares, como no caso do endereço dos quartéis, que também indica um telefone fixo para o contato. “O veranista tem mais comodidade para saber os locais onde há postos de guarda-vidas, os pontos próprios para banho, para que possa curtir o verão com mais tranquilidade”, explicou o tenente-coronel Gross.

Também há orientações para que o cidadão tenha uma noção básica de situações de emergência, como crises de asma, controle de hemorragia externa, crise convulsiva, desobstrução de vias aéreas em crianças, fraturas, manobras de desobstrução de vias aéreas e queimaduras. Além disso, está disponível dicas de segurança para situações de alagamentos, prevenção de afogamentos e cartilhas de segurança.

Relacionadas

INDIGNAÇÃO

Em Candói, manifestantes pedem prisão para agressores de animais

LEI ALDIR BLANC

Setor cultural pede socorro para não perder recurso emergencial

PROGRAME-SE

'Trenzinho da Luz' oferece passeio gratuito pela 'Cidade dos Lagos'

Comentários