Artagão Jr pede suspensão temporária do IPVA para táxi e uber

Além disso, o requerimento de Artagão Jr pede a suspensão temporária do imposto aos motoristas de vans de turismo e transporte escolar

O deputado fez o pedido nessa quarta (25) (Foto: Arquivo/RSN)

O deputado Artagão Júnior protocolou nessa quarta (25), requerimento ao Governo do Estado a fim de viabilizar a suspensão temporária de recolhimento do IPVA para veículos pertencentes às classes de serviços essenciais, tais como táxi, Uber e motoboys em geral.

Assim, o parlamentar fez a solicitação em caráter de urgência por conta da pandemia do coronavírus. Além disso, o requerimento também pede a suspensão temporária do imposto aos motoristas de vans de turismo e transporte escolar.

“Entendo ser oportuno pela sua relevância e urgência de crise financeira que se avizinha. Certamente a suspensão temporária do IPVA trará alívio a essas categorias, que prestam serviços essenciais à população”.

Pedido protocolado pelo deputado (Imagem: Ascom)

PEDÁGIO AOS CAMINHONEIROS

Outra bandeira levantada pelo deputado é a isenção da cobrança de taxa de pedágio aos caminhoneiros.

“Estamos nos somando a outros deputados paranaenses para que as concessionárias façam a sua parte. Além de não cobrarem os caminhoneiros, aqueles que fazem o transporte de materiais essenciais para todos nós, forneçam a seus funcionários equipamentos de prevenção do vírus, como máscara e luva, e álcool em gel”.

Assim, o deputado ainda reforçou a necessidade de as pessoas ficarem em casa. “Para aqueles que podem trabalhar de casa, é essencial que não saiam neste momento para tentarmos frear a curva de ascensão da pandemia. Tenho certeza que vamos vencer esta batalha e vamos sair mais fortes e unidos”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

ÁLCOOL E DIREÇÃO

PM prende quatro motoristas por embriaguez ao volante em Guarapuava

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Mulher flagra marido com amante e ainda apanha dele em Guarapuava

PRISÕES E APREENSÕES

Policiais do Choque fazem grande apreensão de crack em Guarapuava

Comentários