Assembleia promove evento Mulheres e Cidades Inclusivas

Audiência integra o calendário de atividades sobre o Mês da Mulher e é proposto por Traiano, deputada Mabel Canto (PSC) e o deputado Goura (PDT)

Deputado Ademar Traiano e comissão de mulheres (Foto: Nani Góis/Alep)

Debater o papel das mulheres no desenvolvimento das cidades é o objetivo da audiência pública “Mulheres e Cidades Inclusivas”  no dia 9 de março, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná. De acordo com o presidente do Legislativo, deputado Ademar Traiano (PSDB), quer propôs o debate, o encontro será às 9h. Conforme Traiano, a audiência será em parceria com a deputada Mabel Canto (PSC) e o deputado Goura (PDT). A co-organização é do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU/PR).

Assim, para a deputada Mabel Canto, são mulheres se preocupando com outras num aspecto fundamental, mas muito pouco difundido, que é a questão urbanística. “Trazer mais segurança e adaptar melhor as cidades para elas são assuntos extremamente importantes para a nossa sociedade”,.

Porém, para a coordenadora-adjunta da Comissão de Equidade de Gênero do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná, Rafaela Weigert, a ideia é propor um projeto de lei que garanta a inclusão de espaços urbanos.

Precisamos de espaços que sejam pensados para as mulheres no planejamento das cidades e também discutir a equidade de gênero nas políticas públicas paranaenses.

De acordo com Traiano, quatro assuntos são trabalhados pelo grupo: a produção feminina na arquitetura e urbanismo (com histórico para destacar a contribuição das mulheres); a criação de espaços urbanos pensado por e para mulheres. Além das trocas de experiências profissionais entre arquitetas e urbanistas de diferentes gerações. E ainda a mulher no ambiente de trabalho e todas as suas implicações (salários, cargos de liderança, assédios moral e sexual, entre outros).

PRESENÇAS

Conforme a agenda, estão previstas a presença da presidente da Comissão de Equidade de Gênero do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU/Pr), Margareth Menezes; a vice-presidente da Comissão de Estudos de Violência de Gênero (Cevige/OAB – Seção Paraná), Sandra Lia Bazzo; a diretora de Operações da ParanaCidade, Camila Mileke Scucato; a coordenadora-adjunta da Comissão de Equidade de Gênero do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CEG – CAU/Pr), Rafaela Weigert; entre outras convidadas.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Governo do Paraná confirma implantação do toque de recolher

SUGESTÃO

Deputados pedem suspensão das provas do PSS do magistério

VACINA É IMPORTANTE

Hoje (30) é o último dia da vacinação contra a pólio no Paraná

Comentários