Bolsonaro afirma que Moro aceitaria a exoneração de Valeixo após indicação ao STF

O presidente fez um pronunciamento no fim da tarde desta sexta (24) onde afirmou que o ex-ministro Moro não tem "compromisso com o Brasil"

Presidente afirmou que Moro não tem “compromisso com o Brasil” (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro acaba de fazer um pronunciamento no qual afirmou que o ex-ministro da Justiça e Segurança, Sergio Moro, que pediu demissão do cargo na manhã desta sexta (24), disse que aceitaria a substituição do diretor-geral da Polícia Federal, mas em novembro, depois de ser indicado para uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal.

De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, Moro teria afirmado que  ‘Você pode trocar o Valeixo sim, mas em novembro, depois que o senhor me indicar para o STF’.  Além disso, logo no início de sua fala, o presidente afirmou que o ex-ministro Moro tem compromisso “com o próprio ego, consigo próprio e não com o Brasil”.

Assim, o anúncio do pronunciamento foi feito pelo presidente da República em redes sociais. Na publicação, ele afirmou que durante o pronunciamento ele iria restabelecer “a verdade”.

“Sabia que não seria fácil. Uma coisa é você admirar uma pessoa. A outra é conviver com ela, trabalhar com ela. Hoje pela manhã, por coincidência, tomando café com alguns parlamentares eu lhes disse: ‘Hoje, vocês conhecerão aquela pessoa que tem compromisso consigo próprio, com seu ego e não com o Brasil'”.

Além disso, o presidente questionou a atuação da Polícia Federal nas investigações sobre o caso em que o presidente foi esfaqueado enquanto fazia campanha.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CAMPANHA

Campanha das eleições municipais começa neste domingo (27)

FOTOGRAFIA

Estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no cadastro do Enem

VOLTA AO TRABALHO

Após reuniões sindicais, greve dos Correios acaba oficialmente

Comentários