Cesar Filho defende ‘lockdown’ pontual e, se preciso, não descarta medida

Porém, Guarapuava está entre as cidades do Paraná com o menor índice de contaminação por mil habitantes. Mas as próximas duas semanas serão críticas

Cesar Filho defende ‘lockdown’ pontual e, se preciso, não descarta medida (Foto: arquivo/RSN)

Com um foco para não comprometer a economia e outro em medidas para conter o avanço da covid-19 e manter Guarapuava sob o controle da doença. É assim que o prefeito Cesar Silvestri Filho (Podemos) divide os dias na administração pública. Entretanto, sem descuidar de obras que estão sendo executadas na cidade e no Interior.

Porém, num momento considerado o mais crítico para a proliferação do novo coronavírus, o prefeito não poupa a repetição das medidas preventivas. Ele também defende o ‘lockdown’ pontual e diz que não hesitaria em tomar medidas radicais, caso o cenário da covid-19 mude em Guarapuava. Porém, essa condição está na atitude da população.

Nas próximas duas semanas será preciso radicalizar no isolamento social. Hoje não existe lugar seguro, apesar de todas as precauções que possam ser tomadas. Portanto, vamos ficar em casa e evitar qualquer tipo de reunião.

O apelo do prefeito, mais uma vez, está sendo um momento em que o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), divulga novo decreto. O pronunciamento será às 15h desta terça (30) com retransmissão pelo Facebook do Portal RSN. Uma das medidas será o ‘lockdown’ por 14 dias, nas regiões Oeste e Leste do Paraná.

De acordo com Cesar Filho, “felizmente” Guarapuava está de fora.

As medidas que tomamos lá no início da pandemia nos coloca entre em nono lugar entre as 30 maiores cidades do Estado com o menor índice de contaminação, o equivalente a 0,4 por mil habitantes.

Conforme o prefeito, essa condição se mantém mesmo com a ampliação diária dos testes. Hoje estão sendo feito 100 testes por dia. De acordo com Cesar Filho, como Guarapuava é polo de uma Região com 500 mil habitantes e uma estrutura frágil para enfrentar a pandemia, o cuidado foi não correr o risco.

“Como não podíamos contar inicialmente com mais de 10 leitos de UTI para a covid-9 nesse universo de pessoas, fomos muito cautelosos, muito conservadores. Assim, Guarapuava foi a primeira cidade do país a decretar o uso massivo de máscaras, inclusive no transporte público e no comércio. Depois é que vieram as novas recomendações do Ministério da Saúde a ampliando essa recomendação, até virar lei”.

LOCKDOWN PONTUAL

O ‘lockdown’ pontual que deverá ser decretado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior nesta terça (30) é avaliado como sendo uma medida necessária.

De acordo com Cesar Filho, a medida do governador é o caminho certo nas cidades onde o nível de saturação do sistema de saúde está comprometido pelo número descontrolado de casos. “Entendo que a medida adequada é um ‘lockdown’ geral, rigorosíssimo e por tempo determinado, nessas cidades. Acho que o governador está certo, porque tem que estudar caso a caso”.

O que defendo aqui é que não se pode penalizar a economia sem ter medida eficaz. Essa coisa de paralisar parcialmente mostrou que não é eficiente: ou para tudo e desacelera geral a cidade ou não adianta querer fazer medida de restrição econômica, pois só afeta a economia sem gerar resultado positivo contra o vírus.

Entretanto, apesar de Guarapuava manter o controle da doença com o menor índice de contaminados por mil habitantes, ainda no estágio em que está e com os leitos novos no Hospital Regional, fica distante de falar em ‘lockdown’. Porém, segundo o prefeito, não se pode descartar essa possibilidade se houver uma mudança de cenário.

Todavia, para que isso não ocorra, a conscientização da população é fundamental para que tudo o que foi feito lá no início não tenha sido em vão. “Nas próximas duas semanas é preciso radicalizar no isolamento domiciliar. Não fazer reuniões em casa, não vamos sair de casa. Estamos vivendo um período muito crítico. Todo cuidado ainda é muito pouco”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

TRABALHO EFETIVO

Homem que roubou postos de gasolina é preso nesta terça (7)

ELEIÇÕES

Encontro confirma candidatura de Dr. Antenor a prefeito de Guarapuava

NOTA OFICIAL

Advogado de vereador investigado afirma que "medida de busca e apreensão foi excessiva" 

Comentários