Ciência sem Fronteiras prorroga inscrições para estrangeiros

O Programa Ciência sem Fronteiras prorrogou até o dia 15 o prazo de inscrição para pesquisadores internacionais atuarem no Brasil. As propostas para as bolsas de Pesquisador Visitante Especial e Atração de Jovens Talentos deverão estar vinculadas a programas de pós-graduação no Brasil, recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O início da vigência dos projetos aprovados está previsto para 16 de junho. O objetivo é incentivar a atração para o Brasil de cientistas renomados e líderes de grupos de pesquisa no exterior.

A mensalidade da bolsa de Pesquisador Visitante Especial [http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/c/document_library/get_file?uuid=… é R$ 14 mil, além de auxílios-deslocamento e à pesquisa, bolsa de doutorado sanduíche no exterior e bolsa de pós-doutorado no Brasil. A duração varia de dois a três anos, com permanência mínima no Brasil de 30 dias, e máxima de 90, a cada ano de projeto. As bolsas extras visam a manter as pesquisas no país e o contato com o pesquisador durante suas ausências no Brasil.

A bolsa Atração de Jovens Talentos [http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/c/document_library/get_file?uuid=… é voltada à fixação no Brasil de jovens pesquisadores de talento, residentes no exterior, brasileiros ou estrangeiros e sua duração varia entre 12 e 36 meses, com mensalidades de R$ 4,1 mil e R$ 7 mil, a depender do nível e perfil do pesquisador. Também estão previstos auxílios-instalação, deslocamento e à pesquisa.

A previsão é conceder aproximadamente 255 bolsas para jovens talentos.

Relacionadas

DESAFIOS

Desafios do EaD: como está sendo a adaptação do ensino a distância

MUITO AMOR

Mãe de quíntuplos se sente completa com a maternidade

DIA DAS MÃES

Ela já sentiu as dores e amores de ser mãe. Um relato pessoal de Miriam

Comentários