Código Florestal pauta palestra hoje no Sindicato Rural

A partir de uma demanda mundial de uma agricultura mais sustentável, o Sindicato Rural de Guarapuava traz para o último módulo do Programa de Desenvolvimento Florestal, nesta quarta-feira (12), a palestra sobre Código Florestal “O que pode e o que não pode”, com a engenheira agrônoma da Unisafe Consultoria, Mary Silvia Cobra Ferro.

A palestra será às 19 horas, no anfiteatro do Sindicato Rural, e tem como objetivo prestar esclarecimentos de forma didática aos produtores rurais da região sobre as principais mudanças no Código Florestal. “A nossa intenção, além de esclarecer o que muda, é mostrar alternativas de renda com a exploração econômica da Reserva Legal, que é algo que não é tão comum e pouco se fala entre produtores”,comenta Mary.

De acordo com a Assessoria de Comunicação do Sindicato, além disso, a engenheira agrônoma vai tratar de temas como a adequação ambiental, geração de renda com a diversificação da propriedade rural com o cultivo de espécies nativas.

Um dos coordenadores do programa, o engenheiro agrônomo, Pedro Francio Filho comenta sobre a realização do último módulo. “Essa palestra vai fechar com chave de ouro o Programa de Desenvolvimento Florestal 2012. Durante o ano, promovemos a difusão de informação de novas tecnologias e inovações do setor florestal e a avaliação do programa em Guarapuava é muito positiva”.
Francio Filho ainda comenta sobre as perspectivas do programa para o próximo ano. “A intenção é continuar o programa e ampliar o Dia de Campo Florestal, promovendo um evento a nível estadual e nacional. O programa, com certeza, está colhendo bons frutos da semente que foi plantada em 2009. A cada ano que passa, evoluímos mais na qualidade dos cursos e nas informações técnicas que são repassadas, conforme a demanda do produtor rural”.

A palestra técnica também terá cunho social. Na entrada, o participante terá que adquirir um kit de material escolar, no valor de R$ 10, para a Campanha de Natal Produtor Solidário. "O kit será destinado a crianças carentes do setor rural", explica a gerente do Sindicato, Luciana Bren.

São parceiros do programa coordenado pelo Sindicato Rural de Guarapuava: Cooperativa Agrária, Golden Tree Reflorestadora, Santa Maria Cia. de Papel e Celulose, Fertilizantes Heringer, Unicentro, Zico Motosseras, Reflorestadora Schram, Syngenta e Viveiros Pitol.

Relacionadas

RIQUEZA DO CAMPO

Produção de cevada pode crescer 11% este ano no Paraná

SABORES DA CASA

Site Compre do Produtor agora também conta com venda de cervejas artesanais

BRUCELOSE E TUBERCULOSE

Adapar indica que 25 animais estão doentes em Guarapuava e PG

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com