Colheita de batata na região de Guarapuava pode ser menor nesta safra

Departamento de Economia Rural aponta as condições climáticas atípicas deste ano como fator de interferência na agricultura

A batata é uma das culturas mais representativas para a economia agrícola da região (Foto: Reprodução)

Com cerca de 6.500 hectares plantados todo ano, a região de Guarapuava é a segunda maior área produtiva de batata no Estado do Paraná. Junto com o milho, a soja e o feijão, a batata é uma das culturas agrícolas que mais movimentam o agronegócio local.

De acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral) de Guarapuava, durante esta safra, algumas condições climáticas podem ter interferido na produtividade da batata.

“Tínhamos uma expectativa de colher cerca de 2 mil sacas por alqueire, mas acreditamos que a colheita renderá aproximadamente 1,2 sacas por alqueire”, presume o técnico agrícola do Deral Guarapuava, Dirlei Antonio Manfio.

Segundo Manfio, a colheita de batata começou em meados de novembro e ainda seguirá até os primeiros meses de 2019.

“Até o momento, aproximadamente 10% das lavouras realizaram as colheitas”, informa.

O período apropriado para a colheita depende de quando e em que condições de solo e climáticas a cultura foi plantada. Geralmente, o plantio de batata na região acontece a partir do mês de agosto.

De acordo com o técnico agrícola do Deral, a quantidade de chuvas e o clima frio, como foi o caso dos meses anteriores, pode provocar a podridão de parte dos tubérculos, as plantas que se desenvolvem abaixo da superfície do solo, como é o caso da batata.

Ainda de acordo com o Departamento de Economia Rural, o preço das sacas de batata este ano deve variar entre R$ 35 e R$ 45.

“A produção agrícola de batata é uma das mais expressivas para a economia rural de Guarapuava e cidades da região, como Candói e Pinhão”, finaliza Manfio.

Relacionadas

RANKING

Produtor de Guarapuava é premiado em "Oscar" da raça Nelore

OPORTUNIDADE

Inscrições abertas para curso de manejo de solo e água, em Guarapuava

AGRICULTURA

Estimativa para segunda safra de colheitas no Paraná é animadora

Comentários