Com 1ª suspeita, Guarapuava se prepara para enfrentar coronavírus

Encontro orientou os profissionais de saúde, sobre o novo coronavírus. Paraná tem 49 casos suspeitos. OMS eleva estado da doença para pandemia

Com 1ª suspeita de coronavírus registrada, Guarapuava se prepara para enfrentar a doença. O Paraná tem 49 suspeitos do novo coronavírus (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Secretaria de Saúde do Paraná, informou na tarde desta quarta (11), o primeiro caso suspeito do novo coronavírus em Guarapuava. Para se prevenir da doença, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu um encontro para orientar os profissionais de saúde, sobre o novo coronavírus.

Assim, cerca de 60 servidores municipais tiraram dúvidas, trocaram informações e receberam as orientações da Vigilância Sanitária (Visa). O secretário de saúde de Guarapuava, Celso Goes, pediu a colaboração de todos neste momento de urgência mundial.

“Nosso trabalho como secretaria, é alertar nossos profissionais sobre como agir nesta situação. Mas, é necessário frisar que todos nós, como cidadãos devemos trabalhar na prevenção através das práticas estabelecidas pelo Ministério da Saúde”.

Além de Guarapuava, todos os municípios que fazem parte da 5ª Regional de Saúde deverão orientar os profissionais sobre a atendimento e direcionamento de possíveis casos do Covid-19.

A reunião com 60 servidores da saúde ocorreu no auditório da Faculdade Guairacá (Foto: Jota Terres/RSN)

Prioridade

Os sintomas do novo coronavírus se assemelham aos da gripe comum. E, como ainda não há vacina com a cura, os profissionais da saúde de Guarapuava foram orientados a tratar os possíveis casos com prioridade. Por isso, ao chegar na unidades, as pessoas que acreditam ter pego a doença serão questionadas com perguntas simples, como:

Você viajou para algum país com transmissão local nos últimos 14 dias? Quais são os sintomas que você está apresentando? Se as repostas forem afirmativas na abordagem, a pessoa receberá uma máscara sanitária e ficará isolada por instantes.

Em seguida, serão feitos exames laboratoriais, radiografia do peito e coleta de saliva. De acordo com a Secretaria de Saúde de Guarapuava, ao fim deste processo, os pacientes que não apresentarem sintomas moderados ou graves, serão direcionados para suas residências. O resultado é confirmado por meio da coleta encaminhada ao Laboratório Central do Paraná (Lacen) e fica pronto em torno de 20 dias.

Prevenção

O governo federal anunciou no fim de fevereiro que vai antecipar para 23 de março a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe comum – anteriormente, a abertura estava prevista para a segunda quinzena de abril. A decisão foi divulgada em entrevista coletiva em São Paulo, um dia após a confirmação do primeiro caso do novo coronavírus no Brasil.

Na reunião desta quarta (11), o secretário Celso Goes pediu para que os profissionais da saúde do município se imunizem antes mesmo de vacinarem as faixas de risco. Questionado sobre uma possível falta de equipamentos, o secretário afirmou que prefeitura de Guarapuava já fez uma licitação encomendado máscaras e outros objetos.

Por fim, Celso Goes afirmou que não irá faltar nenhum material nas unidades de atendimento nesta campanha contra o Covid-19 e a gripe comum. Para se prevenir da doença, a orientação é evitar grandes aglomerações. Entretanto, conforme Chayane Andrade, enfermeira chefe da Vigilância Epidemiológica e Sanitária do município, ainda não é necessária a suspensão de aulas. “Quem apresentar os sintomas, deve ir até a Upa Batel, que será referência no atendimento da doença”.

Paraná

O Hospital Nossa Senhora das Graças de Curitiba informou no início da tarde desta quarta (11), que dois pacientes com sintomas leves de gripe tiveram resultado positivo para o coronavírus. O hospital fez a identificação através de exames de sangue “disponíveis no mercado para identificação do vírus”.

Assim, os pacientes que procuraram o hospital na terça (10), são um homem e uma mulher da mesma família. Eles voltaram recentemente de viagem à Europa. Eles estiveram na Espanha e na Holanda entre 19 de fevereiro e 7 de março.

A confirmação oficial da infecção sairá após contraprova feita pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen). O resultado deve ser divulgado na próxima segunda (16). Por isso, os pacientes foram medicados e estão em quarentena domiciliar conforme indicação médica.

Em nota divulgada após a manifestação do hospital, a Secretaria de Saúde do Paraná afirmou que, “embora o exame feito na rede privada seja considerado válido, a confirmação passa pelas autoridades sanitárias do Estado e do Município em questão, cumprindo assim o estabelecido pelo Ministério da Saúde”.

Além de Guarapuava, outros seis casos foram informados, sendo Cascavel (1), Curitiba (4) e Foz do Iguaçu (1) (Foto: AEN)

Pandemia

Também nesta quarta (11), o diretor geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) Tedros Adhanom, declarou que a organização elevou o estado da contaminação pelo novo coronavírus como pandemia. A mudança de classificação não se deve à gravidade da doença, mas devido a rapidez da disseminação geográfica do Covid-19.

Adhanom afirmou no painel que trata das atualizações diárias sobre a doença que, “a OMS tem tratado da disseminação do Covid-19 em uma escala de tempo muito curta e está muito preocupada com os níveis alarmantes de contaminação e a de falta de ação de alguns governos”.

Brasil

Na Câmara dos Deputados, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a declaração de pandemia não muda as medidas adotadas pelo país. Assim, o Brasil continua com o monitoramento das áreas atingidas e com as iniciativas e protocolos já anunciados.

Hoje (11), o ministro participou de uma comissão geral na Câmara Federal. Mandetta apresentou aos deputados, informações sobre as ações do governo para enfrentar a doença.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

MAIS CONFIRMAÇÕES

Guarapuava registra cinco novos casos de covid-19 em 24h

BALANÇO SEMESTRAL

Polícia Ambiental registra aumento de prisões e resgates de animais

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com