Com 9 casos confirmados em um dia, Guarapuava tem isolamento de 37%

Guarapuava, Cantagalo e Fernandes Pinheiro registraram nos últimos dias as primeiras mortes em decorrência da doença. Guarapuava soma 58 casos positivos

Os 9 casos confirmados na cidade se somaram a outros 49 positivados anteriormente (Foto: Agência Brasil)

Acendeu a luz de alerta. Os casos de Covid-19 têm aumentado de maneira repentina na Região. Cidades de pequeno porte estão confirmando dezenas de casos da doença. Nesta semana, três cidades da Região de Guarapuava registraram a primeira morte em decorrência do novo coronavírus.

No entanto, ainda é possível perceber pessoas descumprindo as determinações das autoridades de saúde sobre o isolamento e o distanciamento social. É sabido que as famílias precisam ser alimentadas, os comércios precisam gerar emprego e impulsionar a economia para o desenvolvimento das cidades. Porém, existem medidas que podem ampliar a proteção da comunidade. E são medidas simples.

Desse modo, economia, saúde, desenvolvimento e prosperidade podem andar de mãos dadas. Mas com responsabilidade e comprometimento, já que todas as pessoas são vítimas do vírus, sendo acometidas ou não por ele.

NOVOS CASOS

No fim da tarde dessa terça (9), a Secretaria de Saúde de Guarapuava alarmou para o crescimento de 18% nos casos confirmados na cidade de um dia para o outro. Em apenas um dia, nove pacientes positivaram para a doença. Guarapuava, Cantagalo e Fernandes Pinheiro registraram as primeiras mortes.

O avanço no Paraná chega a 40% em sete dias, conforme a Secretaria Estadual de Saúde. Pinhão paralisou atividades de uma empresa por 15 dias, depois de quatro colaboradores testarem positivo para a doença.

As autoridades de Saúde mundiais afirmam que o isolamento e o distanciamento social são os maiores aliados no combate ao avanço da contaminação. Desse modo o índice de isolamento social, ideal para que haja controle da propagação, é de 70%. Porém, Guarapuava não chega nem perto disso.

Conforme dados coletados pela empresa In Loco, que tem feito o controle do isolamento social desde o início da pandemia, na segunda (8), apenas 37% dos guarapuavanos cumpriam a determinação do “se puder, fique em casa”. Além disso, segundo as informações, o maior índice já alcançado na cidade foi no dia 24 de maio, um domingo. Neste dia, os índices chegaram a 56%.

(Imagem: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

REGIÃO

Ainda de acordo com os dados da empresa, em Pinhão, na última sexta (5), somente 29% da população mantinham o isolamento. Este dado foi alterado depois da confirmação de novos casos da doença na cidade. Na segunda (8), 44% dos moradores ficaram em casa.

Já em Coronel Domingos Soares, que tem uma população de pouco mais de sete mil habitantes e 143 casos foram confirmados, o isolamento se mantém  em 40% há vários dias. Em Reserva do Iguaçu, onde foi decretado toque de recolher na semana passada, os moradores que estavam cumprindo o isolamento social nessa segunda (8) são 50%.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CRIME AMBIENTAL

Aplicação de inseticida mata abelhas em comunidade em Turvo

AJUDA URGENTE

'Vidas por Vidas' faz rifa solidária para não fechar as portas

TURISMO RELIGIOSO

Caminho da fé: estações da Via Sacra estão em fase final de construção

Comentários