Conselho Tutelar terá sede própria em Prudentópolis

Município é um dos primeiros que participam do projeto de revitalização de Conselhos Tutelares no Paraná

(Foto: Rodrigo Félix Leal/ANPr)

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior assinou nesta quarta (27) uma série de convênios que beneficiarão crianças, famílias e pessoas com deficiências física e mental. Entre eles, a liberação de recursos para a construção da sede do Conselho Tutelar em Prudentópolis.

Ratinho Júnior afirmou que o Governo do Estado está pautado em um tripé formado por gestão eficiente, planejamento de infraestrutura e promoção social.

“Temos um olhar voltado para as crianças e para as pessoas que mais precisam. Queremos estar cada vez mais perto desses públicos, dando o amparo necessário do poder público para que possam ter qualidade de vida”.

Segundo o prefeito de Prudentópolis, Adelmo Luiz Klosowski, a obra será importante para a cidade. Hoje, o conselho está instalado em um prédio sem muitas condições de uso.

“A nova sede, portanto, vai colaborar com a melhoria da qualidade de atendimento, pois os nossos profissionais estão em um ambiente mais estruturado.”

As ações são da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, que também prevê liberação de recursos para as sedes em Campo Largo e Maringá e para a criação de cursos de qualificação destinados a famílias em vulnerabilidade pessoal e social.

(Foto: Rodrigo Félix Leal/ANPr)

CONSELHOS

Os municípios de Prudentópolis, Campo Largo e Maringá são os primeiros que participam do projeto de revitalização de Conselhos Tutelares, que prevê a construção de 31 novas sedes em municípios do Paraná.

“Faremos tudo o que pudermos para melhorar o atendimento nos conselhos tutelares, pois eles fazem um trabalho fundamental para em prol das pessoas que mais necessitam”, afirmou Leprevost.

Atualmente, o Estado conta com 423 conselhos tutelares nos 399 municípios. Por meio dos convênios, as prefeituras de Prudentópolis, Campo Largo e Maringá cederão os terrenos e a Secretaria de Justiça, Família e Trabalho gastará cerca de R$ 2,1 milhões na construção das novas sedes.

Relacionadas

CONVERSA ON-LINE

MIS-PR promove conversa comemorando o dia do patrimônio audiovisual

JOGO VIRTUAL

Jogo mostra realidade dos entregadores de app durante a pandemia

GRANDES APREENSÕES

PRF faz apreensões que causam R$ 5 milhões de prejuízo ao crime no PR

Comentários