Corpo de adolescente que morreu afogada é encontrado. Caso tem mistério

Prudentópolis – A polícia encontrou o corpo da adolescente que morreu afogada no salto Barão do Rio Branco, na localidade de Linha Manduri. O afogamento aconteceu na tarde de quarta-feira (11), por volta das 16 horas.
O caso está envolto em mistério. A vítima J.A.N, 17 anos , e uma amiga (S.G.G.), 14 anos), por volta das 13 horas de quarta-feira, estavam indo à escola quando encontraram um jovem e uma menina num Corsa prata que as convidou para irem ao salto.
De acordo com a polícia, a amiga da vítima contou que a amiga ficou com o rapaz na parte de cima do salto, enquanto ela desceu e outra amiga desceram pelas escadas e foram ao “pé da queda dágua”. A adolescente afirmou que não conhece o jovem.
“Em dado momento as duas viram o corpo de J.A.N boiando e S.G.G. tentou salvá-la, mas sem êxito”, disse o policial Gilmar Clarett Nogueira. Em seguida, de acordo com o depoimento da testemunha, o rapaz levou S.G.G e a outra menina de volta para a cidade, dizendo que voltaria para buscar o corpo da vítima”.
O que chama a atenção da polícia, é que a mãe de J.A.N, disse que encontrou a amiga da filha, às 17h30min num supermercado. As duas conversaram, mas em nenhum momento a jovem contou o que tinha acontecido com a amiga.
A adolescente acabou procurando a polícia e contando o fato. O corpo foi encontrado pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros e tinha várias escoriações. O cadáver foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Guarapuava.

Relacionadas

VIOLÊNCIA

Sábado sangrento deixa três mortos em Rio Bonito Iguaçu

PERIGO

Casal foge de perseguição no Centro de Guarapuava

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Homem arromba portão para agredir ex-mulher em Guarapuava

Comentários