Cristina Silvestri propõe sete emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias

A deputada destacou a importância das emendas para Guarapuava e Região

(Foto: Arquivo)

A  deputada estadual Cristina Silvestri propôs nesta semana sete emendas aditivas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece as metas e prioridades para o exercício financeiro do Governo do Estado do Paraná em 2020.

“É com base na LDO que o governo determina como serão feitas as transferências de recursos a entidades públicas e privadas. A LDO é a base para equilibrar receitas e despesas, controlar custos e avaliar resultados”, explica a parlamentar.

Ao todo, Cristina propôs quatro emendas na área de segurança, uma na área da saúde, uma na área da assistência social e uma para o meio ambiente.

A deputada destacou ainda que as emendas são pedidos de extrema importância para Guarapuava e todos os 25 municípios do entorno, que atendem anseios diretos e constantes da população.

Agora, as propostas irão para avaliação da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e, em seguida, seguirão para votação dos deputados no plenário.

SEGURANÇA
– Construção de casas de custódia na região Centro-Sul;
– Instalação do Programa de Escola e formação especializada de praças da Polícia Militar na região Centro-Sul;
– Construção do Centro de Sócio Educação na região Centro-Sul;
– Reforço ao pedido de implantação do Colégio da Polícia Militar em Guarapuava.

SAÚDE
– Realização de cirurgias eletivas na região Centro-Sul, através de mutirões.

ASSISTÊNCIA SOCIAL
– Criação de políticas voltadas para o tratamento e apoio aos portadores de autismo.

MEIO AMBIENTE
– Programa de desocupação das margens e implantação de parques para aumentar a área de permeabilidade e contenção de águas de chuva.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Guarapuava registra 92 novos casos de covid-19 e governador faz apelo

VAMOS ESTUDAR?

UniGuairacá promove simulado gratuito para o Enem

ADOTE E FAÇA O BEM

Crianças enviam cartinhas emocionantes para Papai Noel dos Correios

Comentários