Detran Paraná diminui burocracia para emplacamento no modelo Mercosul

Estampador poderá emplacar os veículos em pátios de empresas, concessionárias e revendedores

(Foto: Ascom/Agência de Notícias do Paraná)

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) publicou uma portaria para tornar mais eficiente o emplacamento das placas do Mercosul em veículos registrados no Paraná. Agora, com a determinação divulgada nessa quarta feira (16), o estampador fica autorizado a colocar a placa nos veículos em pátios de empresas, concessionárias e revendedores ou fabricantes e montadoras de veículos, depois do devido registro e licenciamento.

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior, que esteve na sede do órgão para anunciar redução nos valores de algumas taxas do Detran, afirmou que a medida diminui a burocracia do emplacamento.

“Ela vai dar oportunidade para que o despachante vá até o local onde a pessoa compra o seu carro. Até então, o cidadão tinha que se deslocar para fazer esse emplacamento. Agora haverá uma flexibilização deste processo”, afirmou.

O novo sistema de placa de identificação no padrão Mercosul é uma determinação do Governo Federal e já foi adotado no Paraná. As fabricantes e estampadoras de placas precisam se credenciar junto ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e fazerem um recadastramento no Detran-PR para serem autorizadas a fabricar e estampar as placas. Até então, as fabricantes só precisavam ser cadastradas no Detran-PR.

FACILITADOR

Por ser um sistema novo e com mais especificações, o número de empresas que realizam esse serviço ainda é reduzido. Dessa forma, alguns municípios do Estado ainda não possuem empresas estampadoras credenciadas, o que será facilitado pelo deslocamento dos funcionários.

“É uma medida que vai facilitar a vida do usuário. O estampador estará autorizado a sair da sua empresa e ir até a concessionária ou agência onde o motorista comprou o seu carro”, afirmou o diretor-geral do Detran, coronel Cesar Kogut.

No modelo anterior, as placas possuíam um lacre, que foi substituído pelo QR Code, além de outros itens de segurança. Com a extinção do lacre, somente as empresas estampadoras de placas têm autorização para fazer o emplacamento dos veículos.

Relacionadas

TRÂNSITO

Rua XV de Novembro é revitalizada com nova sinalização em Guarapuava

PERIGO IMINENTE

Morte de Lucas em acidente na PR-170 reforça urgência na obra de trevo

PANDEMIA DA COVID-19

Surg orienta sobre descarte de lixo contaminado por covid-19

Comentários