Distrito de Entre Rios ganha obra que vinha sendo esperada desde 2004

Governador chegou em Entre Rios com mais de uma hora de atraso, porém, entregou a sede própria do destacamento da Polícia Militar

De acordo com Ratinho Junior, trata-se de responsabilidade do Estado manter um ambiente adequado para o trabalho da Polícia Militar. “Entre Rios é um distrito maior que muitas cidades do Paraná. Há muitos anos as famílias queriam um destacamento onde a Polícia Militar pudesse se organizar e fazer a cobertura na Região”.Com uma área de 100 metros quadrados, o espaço oferece melhores condições para o trabalho dos policiais militares que atuam na Região. Conforme o governo, a estrutura conta com alojamento, sala administrativa, sala de rádio e instalações sanitárias. Sete policiais se revezam, em turnos de 24h por 48h. Conforme o prefeito Celso Góes (Cidadania), a nova estrutura, garante melhores condições de trabalho. “O espaço adequado garante um bom atendimento para os moradores de Entre Rios”.

De acordo com o Governo, em 1977 a PM começou a atuar na Região. Entretanto, como o destacamento não tinha sede própria dividia espaço com a Delegacia da Polícia Civil. Muitas vezes em locais cedidos ou alugados pela Cooperativa Agrária. A partir de agora, o Governo do Paraná, assume todos os encargos da unidade, como água, luz, telefone e outros custos. Antes tudo era pago pela cooperativa.

COOPERATIVA DOOU O TERRENO

De acordo com o comandante do 16° BPM, Major Cristiano Cubas, em 2004, houve a doação do terreno pela Cooperativa Agrária. Todavia, o projeto ficou parado por mais de uma década. Em 2018, a obra foi licitada e o contrato assinado no ano passado. Assim, em seguida começou a construção. “A estrutura instalada é semelhante às das Companhias de Polícia, com construção e terrenos grandes que permitem inclusive ampliar o número de policiais que atuam aqui”.

Já o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Péricles de Matos, ressaltou que o destacamento reforça a segurança de uma importante comunidade de Guarapuava. “A instalação desta unidade está inserida em um contexto de ampliação da segurança nas áreas rurais, que já sofreram muito com furtos e roubos. Esta Região era atendida pelas Patrulhas Rurais e agora ganha um Destacamento de Polícia”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Saúde de Guarapuava registra 34 novos casos de covid-19

BOA NOTÍCIA

Guarapuava entra no segundo dia de vacinação contra a covid-19

VAI COMEÇAR

Câmara marca início do período ordinário para 3 de fevereiro

Comentários