Dois homens são mortos em emboscada em estrada rural de Pinhão

As mortes ocorrerram no bairro Faxinal dos Ferreiras. Trata-se de Marinaldo Monteiro de Lima e Elielton José de Camargo

Dois homens são mortos em emboscada em estrada rural de Pinhão (Foto: Ascom/Polícia Militar)

Dois homens morreram nesta terça (13) em uma emboscada nesta manhã em uma estrada rural do Faxinal dos Ferreiras em Pinhão. Trata-se de Marinaldo Monteiro de Lima e Elielton José de Camargo. De acordo com a Polícia Militar, um menino de 9 anos também sofreu ferimentos na cabeça pois também estava na caminhonete.

Conforme a PM, a equipe recebeu uma denúncia às 11h30, alegando que duas pessoas foram mortas em uma emboscada. Dessa maneira, as equipes da PM, Polícia Civil e Defesa Civil foram até o endereço informado. No local, constataram que havia dois homens mortos. Um deles estava dentro da caminhonete, e o outro em barranco em via pública. De acordo com o relato policial, ambos estavam com diversas perfurações provocadas por tiros de arma de fogo.

Ainda, de acordo com a PM, o pai de uma das vítimas e um outro homem foram os primeiros a chegarem ao local. Conforme o relato deles à PM, eles foram avisados pelo menino que estava na caminhonete no momento do ocorrido. Posteriormente, o menino correu até a casa do homem para pedir ajuda. A criança ficou com escoriações na cabeça e a PC o encaminhou para o Hospital Santa Cruz de Pinhão.

Desse modo, as equipes isolaram o local e acionaram o Instituto Médico Legal (IML). Posteriormente, o perito chegou ao local e encontrou buchas de cartuchos calibre 12 em via pública, e no barranco próximo.

Por fim, os policiais orientaram os familiares quanto aos procedimentos cabíveis e repassaram a ocorrência para os órgãos competentes.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DETALHES DO SEQUESTRO

Tamires foi amarrada e vendada para não reconhecer os sequestradores

GRANDE APREENSÃO

Traficante é preso com quase 600 quilos de maconha em LS

REFORMA AGRÁRIA

Incra libera créditos para famílias quilombolas do 'Paiol de Telha'

Comentários