Dorival Angeluci é preso em Guarapuava

Angeluci foi preso pelo artigo 171 do Código Penal Brasileiro, que trata de casos de estelionato

(Foto: Reprodução/Câmara de Guarapuava)

O ex-vereador Dorival Angeluci foi preso pela Polícia Federal nesta quinta feira (17), em Guarapuava. De acordo com a carceragem da Cadeia Pública, ele está condenado a três anos de prisão em regime semi-aberto. Como o sistema foi extinto em Guarapuava, Angeluci, que já presidiu a Câmara de Vereadores por três gestões em 32 anos como vereador, deverá cumprir a pena com o uso de tornozeleira eletrônica. Ele também foi chefe da 6ª Circunscrição de Trânsito de Guarapuava (Ciretran).

Depois que deixou a vida política, Angeluci se dedica à advocacia. O cumprimento do mandado de prisão foi cumprido por policiais federais. Ele foi enquadrado no artigo 171 do Código Penal Brasileiro que trata de casos de estelionato, ou seja, enganar outras pessoas para conseguir benefícios próprios.

Segundo a carceragem, como Angeluci é advogado, a Subseção de Guarapuava designou um advogado para acompanhá-lo e garantir os direitos assegurados pela profissão.

Relacionadas

MAIS CASOS

Em 24h, Guarapuava confirma 95 novos casos de covid-19

VAMOS PARTICIPAR?

UniGuairacá promove live com o tema 'Envelhecer é uma arte'

BATE GRADE

Depen retira ferros e celulares do cadeião de Guarapuava

Comentários